21 outubro, 2011
Por Katia Ouang

Já passei várias dicas de Buenos Aires aqui no Blog. Mas hoje pedi para uma grande amiga minha que mora lá e também é mamãe recente, passar umas dicas de lojas de bebê que ela gosta e recomenda. Afinal não tem nenhum lugar por perto que brasileiro mais goste de ir do que BsAs !!!
Para quem vai com tempo, o ideal é passear pela Recoleta na Rua Montevideo esquina com a Uruguay e arredores , pois nesse bloco encontram-se várias lojinhas nem tanto conhecidas mas com roupinhas lindas e feitas à mão.
Os preços não são tentadores como nos Estados Unidos mas com um pouco de paciência você consegue comprar peças lindas por um preço melhor que São Paulo.

Magdalena Esposito Nao é barata mas tem roupas de muito boa qualidade, o algodão peruano deles é um dos melhores e a loja fica na Recoleta. É bom prestar atenção nos tamanhos pois a modelagem da marca costuma ser bem pequena.

 “Le Petit” : Tem de tudo um pouco para o Bebê, de roupinhas a acessórios e itens para enxoval como almofadas, fraldinhas, e enfeites.

Paula Cahen D’Anvers : Tem roupas lindas para bebês ( já falei aqui ) . Boa parte dos casaquinhos que a Bruna usou nos primeiros 6 meses são de lá.

Baby Cottons : Ainda é das melhores para comprar roupas de algodão. A qualidade é incrível.

Pioppa: Roupinhas lindas e mais arrumadinha!

Imaginarium : Para comprar brinquedos de tudo quanto é tipo para todas as idades.

Comentários 2

0

21 maio, 2013
Por Katia Ouang

Como vocês me pediram, vou passar algumas dicas atualizadas de Buenos.
No histórico tem bastante coisa sobre restaurantes e passeios. Para quem quiser veja aqui

Já fui várias vezes para Buenos, mas essa foi a primeira que fiquei hospedada em Palermo. 
Achei ótimo, pois como foram apenas 3 dias, eu só saí do bairro para ir no Shopping Galerias Pacífico, que é um dos melhores para encontrar as principais lojas de bebês!

Infelizmente achei Buenos bem diferente dessa vez, o centro está sujo, a cidade mal cuidada. O que é uma pena, pois sempre foi uma cidade linda.

Em Palermo você não sente tanto isso. Acho uma delícia passear pelas ruas largas, arborizadas e com muitas lojas e restaurantes.
Além disso todos os restaurantes que reservei eram por lá , então quase todos fomos a pé ( o que eu amo!) ou para ir de taxi era bem pertinho.
Se for para levar os pequenos, também acho ótimo ficar em Palermo. É tudo plano, fácil para andar e levar os carrinhos. Também tem bastante restaurante com área externa, o que facilita na hora de sentar e colocar o carrinho ao lado.


Se hospedando em Palermo vale a pena ir e voltar pelo Aeroparque, um aeroporto menor mas que tem voos diretos para o Brasil e fica bem pertinho. O que ajuda a não perder tanto tempo no táxi como em Eizeza e sai muito mais barato. Claro que é um aeroporto bem mais simples. Mas super prático.

Outra dica ótima que eu quero passar é do site Restorando. Por ele você consegue reservar quase todos os restaurantes em Buenos com até 1 mês de antecedência. Eu sempre gosto de reservar para não ficar horas esperando.

Em relação ao Hotel,minha primeira opção era ficar no Nuss, que é um dos mais bem localizados de Palermo. Mas como fechei a viagem muito em cima, não tinha mais quarto. Fiquei então no The Glu Hotel, fica a 2 quadras do Nuss.

(fotos tiradas do site do hotel )


É um hotel bem pequeno, mas os quartos são enormes, e com mimos como roupão, pantufas e  produtinhos loccitane. Fomos super bem atendidos pelo staff! Mas pelo hotel ser bem pequeno, não tem um bar bacana para ficar ou uma área externa gostosa. E o café da manhã também foi ok. Nada de mais. 

Em relação aos restaurantes que fui dessa vez , foram 3 jantares e 2 almoços.  Me recomendaram vários, mas optei por todos em Palermo. 
E essas foram as minhas escolhas:

La Cabrera – É atualmente um dos restaurantes de carne mais badalados da cidade. Ficava a 1 quadra do nosso hotel. É lotado de brasileiros! 
As carnes vem com vários acompanhamentos em potinhos pequenos, então não vale a pena pedir muita coisa ou apenas uma salada já é suficiente para acompanhar… Se não sobrará muita comida. Eu e meu marido dividimos uma carne e mesmo assim, sobrou!
Vou ser sincera, não achei nada de mais na comida. Ainda prefiro a carne do Cabana Las Lilas e do La Caballeriza. 
Acho melhor para almoço pois comer uma carne gigante e ir dormir não é a melhor opção!

Mott – Restaurante descolado, de ambiente super agradável, bem aberto e moderninho. Os sanduiches são uma delícia! Dizem que a noite é bem animado também!
Crizia – Esse restaurante eu adorei e é perfeito para um jantar a dois! Por fora você não dá nada, mas dentro tem o pé direito alto, decoração clean e moderna!. Comida excelente! Tem um pouco de tudo, carnes, peixes e massas.
Adorei o couvert e o atendimento. 

Osaka – Mistura de japonês e peruano que recentemente abriu uma filial em São Paulo. Não achei nada de mais o ambiente e nem a comida. Não voltaria.


Olsen – Esse restaurante já existe há alguns anos mas não consegui ir da ultima vez que estive em Buenos. Sempre foi super bem recomendado pelo seu ambiente versátil, seja para um brunch, um almoço ou um jantar. Ideal para quem gosta de lugares bem descolados. Fomos jantar e estava tudo ótimo, o ambiente de fato é incrível, como uma casa aberta em um jardim enorme. Drinks e comidas bem gostosos e preço ok,  exceto pela Hostess que foi bem pouco educada e zero simpática. Isso porque o restaurante só aceita dinheiro ou cartão Visa e sequer avisa os clientes antes ou pela reserva, então vá preparado.


Buenos Aires não é mais tão vantajoso em relação aos preços como era há 5 anos atrás onde você comia no melhor restaurante por 1/5 do preço de São Paulo. Mesmo assim ainda é mais barato do que aqui e continua valendo a pena para quem quer fazer uma viagem rápida e aqui por perto.


E vocês, tem outras dicas de Palermo para juntar a essas?
Acham bom ter alguns outros assuntos no blog que não sejam apenas os pequenos?

Comentários 6

0