28 agosto, 2014
Por Katia Ouang

Capturas de tela36

 

Aqui em casa as meninas só tomam banho na banheira. E é claro que com o tempo fomos acumulando um monte de brinquedinhos e potinhos que elas usam para brincar.

Os brinquedos de borracha, na maioria das vezes o famoso Patinho que parece tão inofensivo, é um dos principais acumuladores de mofo! Não tenho nem coragem de mostrar para vocês a gosma que saiu do patinho da Bruna quando apertei ontem para tirar a agua de dentro. Não pensei 2x e foi direto para o lixo. Quase morri de nojo! E com isso me deu a idéia de escrever esse post para alertar as mamães sobre o risco de não cuidar da higiene desses brinquedos que ficam em contato com água e umidade o tempo todo.

Manter os brinquedos de borracha limpos é tão importante quanto mamadeiras, chupetas e outros pertences que costumam entrar em contato direto com a boca e pele das crianças, pois por estarem sempre úmidos, são o ambiente perfeito para o aparecimento de fungos, germes e bactérias. E isso piora muito os casos de alergias respiratórias!  Eu mesma tenho muita alergia a cheiro de mofo.

Portanto para não acontecer como aqui em casa que tive que jogar tudo fora, o ideal é fazer a limpeza desses itens semanalmente.

Confesso que por algumas vezes eu fiz a limpeza dos brinquedinhos, isso quando as meninas eram menores naquela fase que você fica meio neurótica com limpeza. Mas depois esqueci completamente. Hoje eu entro para aquela tag ” Pareço boa mãe mas….” Nem lembrava mais de limpar os brinquedos das crianças!!!!

Então hoje vou passar dicas de como eu limpava e mantinha esses brinquedos longe das bactérias.

- Comece retirando toda a água dos brinquedos após cada utilização e deixe secando em cima de uma toalha ou mesmo um papel absorvente. Isso tem que ser feito diariamente.

- Pelo menos 1x por semana, faça uma solução de agua com vinagre em uma bacia, ou na própria banheira, e deixe os brinquedos de molho.

-  Aperte e solte cada brinquedinho várias vezes para que “sugue” a solução e higienize todo seu interno.

- Esfregue a parte de fora com uma escova e sabão de côco em barra.

- Deixe os brinquedos secarem ao sol ou em uma toalha em um ambiente fora do banheiro.

 

E vocês mamães, lembram de limpar esses brinquedinhos?

Tem alguma outra dica para fazer essa higienização?

 

E quem curte esse tema, veja aqui Como Limpar as Pelúcias e Como Tirar o Cheiro das Mamadeiras!

1 Comentário

9

26 agosto, 2014
Por Katia Ouang

No ultimo final de semana estivemos no Hotel Villa Rossa com as meninas e foi muito gostoso. Já fiz um post super completo sobre esse hotel há exato 1 ano atrás ( veja aqui) e acho uma excelente opção para quem quer um hotel bem próximo a São Paulo com uma estrutura super completa para ir com crianças

Demos sorte do tempo estar maravilhoso. E isso quando você viaja, principalmente para hotéis, conta muito. Pois a maioria das atividades são abertas. Eu simplesmente amo quando saio de São Paulo e vou para lugares com muita natureza, ar puro e silêncio. E isso tem muito no Villa Rossa. Acho uma delícia os caminhos em meio às arvores gigantes, o lago, as flores… Isso para as meninas é ótimo,  pois elas passam o tempo vendo cada plantinha, cada flor, os passarinhos. E para mim, é um banho de energia!

Como sempre as viagens para hotéis são focadas 100% na diversão delas. Mas a cada estadia nova percebo como elas estão mudando e como aos poucos essa proporção de aproveitamento vai se equilibrando. Acho que hoje posso dizer que 80% são para elas, e 20% para nós. Pois já conseguimos tomar um pouco de sol, comer um pouco mais tranquilamente e ter um ou outro momento de lazer adulto! Dessa vez conseguimos até que aproveitar bastante se eu comparar com 1 ano atrás, no mesmo hotel, onde quase voltamos para casa na primeira noite que nenhuma das duas dormiu pois estranhou a cama e o lugar!

Sim mamães, as coisas vão melhorando!!!

Então vamos ao diário do nosso final de semana!

Chegamos no sábado a tarde e fomos direto passear a pé. Sempre aproveitamos para gastar bastante energia das meninas, assim a chance delas dormirem bem a noite e não estranharem o lugar, é maior. Também comem bem melhor quando ficam cansadas de tanto brincar!

O hotel tem um caminho entre as arvores até o lago que é lindo e super gostoso para andar. É uma boa caminhada, considerando que é em ladeira:

2014-08-26

 

Depois fomos brincar no parquinho. É uma área grande de areia que as crianças amam. O que elas mais gostaram foi o balanço e esse brinquedo com ponte e escorregador. Villa Rossa1

 

E para enrolar um pouco e não ir jantar tão cedo, ficamos um tempinho na brinquedoteca: Villa Rossa

 

Fomos jantar e fizemos o esquema que sempre funciona por aqui; levamos os carrinhos para o restaurante, damos o jantar para elas, colocamos no carrinho deitadas, o Ipad ligado e pronto, a paz reina e quase sempre elas dormem e podemos jantar com calma e até tomar um vinhozinho! Já sei que pela foto vocês vão questionar a chupeta da Bruna, ok, eu sei que tenho que tirar e aquele bla bla bla que tenho plena consciência ! :)  . O que vale falar é que esse hotel não fornece carrinhos, um ponto negativo considerando que no meu caso, tenho que levar 2!

IMG_0102

Por falar em refeições, elas até que estão evoluindo e não se comportaram tão mal dessa vez. Além de terem comido super bem! E diga-se de passagem, a comida do Villa Rossa é imbatível. De todos os hotéis que estive com elas, esse é o melhor disparado!!! A comida é divina, com muita variedade, e as sobremesas são de passar mal de tão gostosas. Villa Rossa2

O domingo amanheceu sem uma nuvem no céu, um dia lindo! As meninas adoraram ficar na varanda do quarto vendo as arvores enquanto a gente se arrumava para o café.  Por sinal, fiquei em quarto reformado excelente e bem espaçoso. Villa Rossa3  Tomamos café rapidinho, pois essa é a refeição onde elas mais ficam sem paciência pois acordam no pique total e sem muita fome,  e então fomos mais uma vez caminhando até o lago e ficamos um tempo por lá. Fomos no pedalinho com elas e eu aproveitei para ir na Tirolesa e amei!( tem vídeo no insta do blog!!!)

Villa Rossa5

Depois subimos para as piscinas. Como as meninas quiseram ficar brincando nessa queda d´agua, conseguimos tomar um solzinho.

Villa Rossa7

E em seguida fomos para a jacuzzi na área das piscinas cobertas que é o máximo! E é um dos pontos fortes do hotel já que ter essa área ajuda muito caso o tempo não esteja tão bom!

Villa Rossa6

Foi uma delicia e voltaremos com certeza!

http://villarossa.com.br/site/

1 Comentário

4

25 agosto, 2014
Por Katia Ouang

 

What-Your-Boss-Doesnt-Want-Hear

 

De volta com a série; O que eu Aprendi, hoje vou falar dos pitacos que recebemos desde o momento que as pessoas sabem que estamos tentando engravidar, até quando já temos filhos. Selecionei os “clássicos” , aqueles que com certeza você já ouviu alguma vez. Muitos deles aconteceram comigo. Mas alguns eu vejo que sempre acontecem e que incomodam muita gente. Tentei mesclar um pouco os assuntos, algumas coisas são mais engraçadas, outras incomodam e não são tão bacanas assim. Por isso esse é mais um post que vou dividir em partes.

Confesso que eu mesma já joguei essas “pérolas” para algumas amigas quando não pensava em engravidar e sequer tinha noção desse mundo.

Mas aprendemos a ser bem mais cuidadosas depois que vivenciamos uma situação. Muitas vezes o que a pessoa fala para nós pode parecer uma ajuda, mas as vezes atrapalha e dependendo do estado emocional, até magoa.

Então vamos lá!

O que eu Aprendi:

- Que engravidar de nada tem a ver com desencanar.

Não sei dizer quantas vezes algumas pessoas me disseram; ” Desencana que você engravida“! Agora alguém me diz qual mulher que deseja ser mãe consegue desencanar quando começa a planejar seu filho? E encanada ou desencanada, você vai engravidar quando for a hora certa. Digo isso pois eu mesma passei meses encanada e engravidei encanada mesmo!

 

- Que você vai ouvir mil vezes; “Prepare-se para nunca mais dormir”.

Principalmente no final da gravidez quem nunca ouviu; “dorme agora, pois depois você vai ver como será”! Tudo bem, a gente cresce escutando isso. Mas também não precisamos criar um monstro sobre esse assunto. Sim, tem crianças que passam anos acordando mil vezes por noite e não deixam os pais dormirem. Mas na grande maioria depois que entrarem em uma rotina, as crianças vão dormir a noite toda sim. É verdade que uma boa noite de sono nunca mais será a mesma. Mas você volta a dormir melhor, é só ter paciência. E tudo depende da personalidade do bebê. Eu já estava desesperada com isso de não dormir mais quando estava grávida da Bruna. E com 4 meses ela dormia 12 horas por noite. Já a Manu eu esperava o mesmo, e demorou muito mais para dormir 8 horas que fosse. Mas calma, viva um dia de cada vez, cada bebê é de um jeito.

 

- Que na gravidez você vai cruzar diariamente pessoas que vão praticamente controlar seus movimentos. Você faz luzes? usa salto? Toma coca zero? Toma café?  Come comida japonesa? Sabia que faz mal???

Isso sempre me irritou muito. Nenhuma gravida é louca ou irresponsável de por em risco a saúde do seu bebê. Tem que ter bom senso, fazer tudo com moderação . Eu não deixei de tomar coca zero e café, tomei muito menos que tomava, e respeitei a quantidade que meu medico garantiu não ter risco. Assim como tomei uma ou outra taça de vinho, fiz luzes após o 3o mês… Enfim. Existem médicos mais liberais e os mais radicais , e também existem mães mais desencanadas e mães mais neuróticas. O importante é respeitar as escolhas de cada um. E q na dúvida, sempre pergunte ao seu médico e não às suas amigas.

 

- Que inevitavelmente vão te perguntar: Você vai ter parto normal?

E essa é a típica pergunta que não temos resposta. É claro que toda mulher deseja um parto normal, muito melhor para ela, para a recuperação…. Mas nem sempre isso é possível não?! E discutir essa escolha é algo que não tem fundamento e está entre as tops que me tiram do sério. Depois vem amamentação!

 

- Que a qualquer sinal de inchaço ou quilinhos a mais você vai ouvir: Já está com carinha de grávida hein!

A tal carinha de grávida também me irritava ao extremo. Pois como inchei muito no rosto e me achava horrível, sempre tinha esperança que alguém fosse me elogiar ou me achar bonita (rsrsrsrsrs!). Mas essa frase sempre vem quando alguém quer falar algo, viu que você está diferente, que engordou e acha que “carinha ” de gravida é um elogio. Tem ainda a situação que elogiam a sua barriga. Isso aconteceu muito comigo. As pessoas que eu encontrava olhavam para o meu rosto, aí olhavam para a barriga e vinha: Nossa, sua barriga está linda!  Oi?!

 

- Que a super dica da amamentação é a buchinha!

Você está passando a buchinha no bico do seio? Aproveita e toma sol, ajuda muito !!! A buchinha desencanei, a primeira vez que passei sangrou meu bico, doeu…. Na verdade a intenção é essa mesmo , “calejar” o bico para que ele esteja preparado para a sucção do bebê. Mas para isso dar certo ele teria que machucar e cicatrizar algumas dezenas de vezes. E qual mulher doida, ainda mais sensível com a gravidez, vai aguentar se machucar assim?  Tomar sol então, queria saber quem conseguiu fazer topless e passar um tempo se bronzeando?  Depois de amamentar 2 filhas, acho que não sentir dor e não ter problema para amamentar é uma somatória de fatores; como o jeito e força que o bebê suga, resistência da sua pele, anatomia do seio… enfim. Não vale a pena se preocupar tanto com a tal buchinha! No meu caso, com as duas que nasceram com 4kgs, praticamente um bebê de 2 meses, eu poderia ter usado buchinha, tomado sol, nada iria adiantar. A força que um bebê grande e faminto suga é proporcional ao seu tamanho !

 

- Que menina é sempre mais apegada ao pai.

Experimente estar com o seu marido e contar para alguém que espera uma menina. Parece que olham direto para o pai e dizem; ah, que legal, meninas são super apegadas ao pai! Como se fosse um consolo para o pai que na teoria, gostaria de ter um menino. Presenciei muito essa situação, ainda mais quando eu esperava a segunda filha.  Acho engraçado isso de menina ser apegada ao pai e menino à mãe, não sei quem inventou essa teoria.  Na minha opinião só existe uma palavra para isso; afinidade. Não interessa o sexo. Não acham?

 

-Que na maternidade o que mais os convidados dizem é: Ai que anjinho.  Enquanto estão aqui são uma paz, deixa chegar em casa…

De certo modo não deixa de ser uma colocação real mesmo existindo uma explicação plausível, que é a que após 2-3 dias, a reserva de alimentos da criança termina, e o leite da mãe muita vezes ainda não desceu. Mas nenhuma mamãe recente, após todas as mudanças radicais com a chegada de um bebê, quer ainda ter pavor de ir para casa com um pequeno monstro que não vai parar de chorar não?!  Aqui em casa a Bruna realmente teve um acesso de choro na primeira noite em casa. Mas a Manu nunca chorou. Mais uma vez eu digo, um dia após o outro. Cada bebê é um.

 

- Que se você fizer festa de 1 aninho para a criança vão dizer; Festa de 1 ano a criança não aproveita nada , só os pais.

Sim, praticamente só os pais aproveitam mesmo. Mas que mal tem em os pais convidarem os amigos para celebrar uma data tão importante? Cada um sabe o que é importante e prioritário. Eu não fiz festa com essa idade para nenhuma das duas. Mas se tivesse disponibilidade financeira, eu faria uma festança para cada uma a cada aniversário!

 

- Que sempre que o bebê chorar perto de terceiros, vão dar pitaco!                                                                                                                                                                         

Ah, deve ser fome! Tem algo mais irritante que ouvir de terceiros que o bebê esta com fome sendo que você sabe que horas amamentou e quando fará isso de novo?  ” Você viu se ele fez cocô?” ” Ah, essa roupa deve estar incomodando?” ” Será que é cólica?” Essas perguntas são “super”  providenciais na fase que você está exausta, insegura e pouco receptiva a pitacos. Parece que você não é boa mãe e não consegue identificar o sono do seu filho.

 

- Que o sling é o top produto estimulador de perguntas.

Será  que o bebê tá bem, nossa acho que a perna dele está torta…. Não tem risco de cair, não doi as costas…?!  Eu nunca usei sling,  mas vejo por amigas próximas que usam ou até por blogueiras que postam fotos usando a quantidade de perguntas sobre isso. Dá vontade de dizer; Se não fosse seguro, se machucasse, se o bebê não ficasse confortável, porque uma mãe usaria? OOOIIII ! O sling é um dos métodos mais antigos e eficazes e diga-se de passagem, bem mais barato que um canguru, de manter a criança aconchegada a mãe, além de permitir que a mãe fique com as mãos livres e carregue seu bebê onde for.

 

- Que vão te oferecer um pediatra homeopata

Basta alguns minutos em uma conversa entre mães que assim que você citar que seu filho ficou doente , seja lá qual a doença, que sempre vem alguém e pergunta porque você ainda não levou a um homeopata ! Já repararam?

 

-  Que se presenciarem seu filho com mais de 3 anos com chupeta na boca vão te olhar com cara de desaprovação.

E ainda vão falar das consequências da chupeta e tudo de negativo que envolve esse assunto. Duvido que alguma mãe não saiba dos malefícios da chupeta e que tem que tirar do filho assim que possível. Mas quem critica muitas vezes não sabe o que está por trás dessa chupeta tardia. Eu mesma estou com muita dificuldade em tirar a chupeta da Bruna e sei de tudo de negativo. E quanto mais o tempo passa, mas difícil fica de fato. Mas nenhuma criança cresce chupando chupeta não é?! O mesmo vale para o desfralde, tirar a mamadeira, e tudo que envolva uma mudança na vida da criança.

 

- Que a vida profissional da mulher após a maternidade sempre será questionada.

Se você trabalhava e resolveu largar o emprego para ficar com a criança, irão questionar se você não vai se arrepender. Já se você manteve seu emprego, fica fora o dia todo, e deixa seu bebê com  uma babá ou em um berçário a pergunta será; Nossa, mas você tem coragem, tão pequeninho…?   Pobre de nós mulheres….

 

E vocês, o que mais acrescentariam a essa listinha? Qual pitaco mais insuportável vocês receberam ou ainda recebem???

E em breve mais uma parte desse post pois ainda tenho muitos pitacos para contar!

 

E quem quiser ler os outros posts da série ” O que eu Aprendi”, clique Aqui.

 

Beijos e boa semana para todas!

*K*

Comentários 15

8

22 agosto, 2014
Por Katia Ouang

Essa semana estava lendo o Blog For Mães, das minhas amigas Kiki e Renata , e adorei um post sobre etiqueta em festa infantil. Pedi autorização para a Re, autora do post, para compartilhar o texto aqui. Achei divertido e ao mesmo tempo informativo! Segue o texto:

manualfoto

 

 

 

Desde que o Miguel nasceu recebo muitos convites para festinhas infantis e agora que ele cresceu um pouquinho são os melhores programas do nosso fim de semana. (rs)

Adoramos!!!

Já faz algum tempo que percebo nessas festas algumas atitudes que desagradam muito, não só os convidados como os próprios anfitriões.

É muito triste planejar uma festa, um momento que era para ser feliz, estar junto com amigos e familiares e se decepcionar. Mas isso pode acontecer… então prepare –se

 

- Será que os convidados virão?

Quem não passa por essa duvida não é mesmo? Um misto de ansiedade e medo que assombra as noites anteriores ao evento.

O correto seria as pessoas confirmarem, por email ou até num evento que pode ser criado dentro do facebook.

Não levem crianças que não foram convidadas sem antes avisar a família anfitriã. Imagine se as lembrancinhas são personalizadas (ultima moda das festas). A situação ficaria bem chata.

- Presentes:

Se a festinha for comemorada junto com o irmão, leve 2 presentes.

Não solicite que os anfitriões abram o presente na hora da festa, por isso coloque o nome do seu filho e pergunte aos PAIS onde você poderá colocar o presente. Não entregue na mão da criança.

- Tema da festa:

Se a festinha tiver um tema definido não leve seu filho fantasiado com esse personagem. Não sabemos se o aniversariante estará fantasiado, e esse é o dia dele.

Quando a festa conta com teatrinho ou show com personagens, dê espaço para as crianças, as atrações foram feitas para elas e pensadas nelas, não monopolize nem fique sentado na frente. Segure a onda!!!

- Comida:

Essa é a parte onde vejo mais pessoas perdendo a linha. Os donos da festa com certeza pensaram em tudo e você não precisa atropelar ninguém ou “reservar” uma porçãozinha na sua mão. Mesmo se a comida acabar…rs Não faça isso!!!

OBS: Não ofereça comida para nenhuma criança sem perguntar antes para os pais se pode!!! existem crianças com sérias restrições alimentares ou simplesmente os pais não querem que ele coma determinados alimentos.

Contenha – se e NÃO ataque a mesa logo após o parabéns!!! Moderação. Não guarde brigadeiros para levar para casa. É feio, Muito feio!!!

Em hipótese alguma pegue algum enfeite da festa.  Isso é DECORAÇÃO e não brinde para seu filho!!!!

- Fotógrafo:

Lembre–se que o aniversariante do dia é a atração principal e o fotógrafo foi contratado então não fique chamando ou tentando que seu filho fique sempre no foco. Não tem coisa mais chata e deselegante que isso.

- Lembrancinhas: 

É de se esperar que a família anfitriã tenha preparado lembrancinhas para todas as crianças. Então não se empolgue e nem pegue nada além do que foi entregue ao seu filho. Lembre-se que a sua mãe, tia, amiga, vizinha… não tem direito a lembrancinha.

- Aniversariante: 

Deixe o aniversariante curtir e aproveitar a festa. É claro que você quer um abraço ou uma foto, mas não insista, nem empurre seu filho para cima dele.

- Seu (s) filho (s):

Mantenha controle e atenção aos seus filhos, não pense que pode deixa-los a vontade arrumando encrenca com outras crianças ou pegando docinhos da mesa antes do parabéns. Muito menos pense que os monitores ou personagens contratados deverão cuidar do seu filho para você.

Fique atento a alimentação da criança: se já sabe que será dificil ter alimentos permitidos por você na festa; ofereça comida em casa antes de sair. Nunca pergunte aos anfitriões: Mas não tem suco? Tem agua de coco??? Por exemplo.

- Bebida alcoólica:

ATENÇÃO!!! É uma festinha infantil e não uma balada!

 

Essa manual pode e deve ser compartilhado, tenho certeza que  muitas pessoas precisam dele.

 

Tem algo que posso acrescentar??

 

Beijocas

 

 

Comentários 5

11