Por Katia Ouang

manuem pre

Essa foto foi da semana passada, mas assim que eu publiquei no meu instagram ( @blogminhasdikas) surgiram muitos comentários. Isso porque eu relatei que a Manu não queria dormir e que eu estava louca para pega-la e trazer para a minha cama. Acabei recebendo algumas críticas então acho que valia um post para eu conta um pouquinho sobre como funciona a cama compartilhada aqui em casa.

Ou melhor, ela simplesmente não funciona!

Simplesmente porque a Manu não dorme em nenhum lugar que não seja o berço ou o carrinho dela. E é por isso que não peguei e trouxe para dormir comigo.

E acreditem, existem sim bebês e crianças que não conseguem dormir na cama dos pais!

É frustrante, sim é.  Mas acho menos frustrante um filho que não queira dormir com os pais, do que um filho que não queira dormir em sua própria cama nunca.

Tudo na maternidade é uma escolha. Ganha de um lado, perde do outro, e nós mães adaptamos a nossa rotina e ao que consideramos melhor para os nossos filhos e mais prático para nós.

Aqui em casa é assim. Nenhuma das duas gosta de dormir na minha cama. Pois tanto a Bruna, como a Manu, sempre dormiram em seu berço com a porta do quarto fechada e a luz apagada. E estão habituadas a isso desde bem pequenas, tanto que qualquer mudança elas estranham.

Com a Bruna eu ainda pude usufruir da delícia de dormir abraçadinha com um bebê. Dos 4 meses até uns 18meses, ela acordava as 6 da manhã em seu berço, eu trazia para minha cama, e dormiamos juntas até as 9. Era o verdadeiro paraíso! Nunca senti culpa ou pensei que poderia estragar a rotina dela fazendo isso, porque simplesmente ela dormia sozinha as 20 horas e nao chorava antes das 6.

Com 18 meses ela naturalmente começou a dormir até as 7.30-8 sem acordar as 6. Então não vinha mais para a minha cama.

Eu tentei com a Manu a mesma “tecnica”, mas não deu muito certo. Ela não dorme na cama conosco nem quando era recem nascida.

No geral, eu não tenho nada a reclamar, pois elas são super disciplinadas com o sono. Mas nas poucas vezes que saimos da rotina como quando viajamos , é um caos. Elas não querem dormir na cama conosco, estranham outros berços, enfim.

O mais chato não é apenas isso, é quando estão doentes e você não quer deixar seu filho dormir sozinho mas ele também não dorme com você. Então você tem que ficar de plantão no quarto deles sem muita escolha.

Isso tudo para dizer que não podemos simplesmente escolher o que queremos. A primeira escolha nós podemos fazer; que é acostumar seu bebê a dormir sozinho ou dormir sempre com você. Depois disso não é porque algumas vezes eu tenho vontade de dormir com elas que eu vou conseguir. Eu fui a única responsável por acostumá-las a dormirem sozinhas com uma certa rigidez de rotina.  E quebrar essa rotina para elas é estranho, elas não se adaptam. Infelizmente a criança não tem um botãozinho que a gente programa: Hoje ela vai dormir comigo. Amanha no berço…. Ah se fosse assim….

Então não pensem que eu sou uma geladeira e deixo a criança acordada no berço. Tanto a Manu como a Bruna não sofrem com isso, pois foram acostumadas desde cedo a ficarem sozinhas no berço. Elas entendem que muitas vezes o sono pode demorar um pouquinho, mas logo ele vem.

Cada mãe sabe o melhor para a sua casa, sua rotina e o bem estar dos seus filhos. E eu entendo 100% a mãe que deixa o filho fazer o que quiser pois muitas vezes somos tomadas por um cansaço  tao grande que o que facilitar nossa vida , nós permitimos.

Quem compartilha cama e não se incomoda da criança dormir junto todas as noites, ótimo.

Quem não compartilha por achar que seja melhor para a criança dormir sozinha, ótimo também.

E melhor ainda quem consegue compartilhar só as vezes ! Essas mães sim tiveram sorte.

Eu sinto vontade sim de dormir com elas. E muita. Mas sei também por amigas com filhos maiores que logo mais eles virão para nossa cama sozinhos, sem a gente escolher se quer o não quer. Pois qual criança depois que aprende o caminho do quarto dos pais não vai dar uma “passeadinha” por lá?

E com vocês, como funciona?

Aproveitando esse tema,  o próximo é um dos mais pedidos por aqui: Como fazer seu filho dormir sozinho! Aguardem!

 

5

Comentários 38

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

38 Comentário:Cama compartilhada, sim ou não?

  1. Janaina

    Olá Kátia, adorei o post, essa semana mesmo estava pesando sobre isso aqui em casa.
    Como está frio trouxe a minha bebe de 9 meses para dormir no quarto, ao lado da minha cama no berço portátil, mas ela nunca dormiu na minha cama, na verdade já tentei algumas vezes, mas não consegue, faço ela dormir dando mamadeira, fico com ela no quarto dela, sentada na cama, e ela vai reclamando e pegando no sono, isso umas 8:30 da noite´, ás vezes ela acorda, reclama, levanto, bato na bundinha, ás vezes pego no colo e ela volta a dormir no berço dela, sempre no berço.
    Sabe, antes de ser mãe eu me achava no direito de falar sobre as coisas que via na casa dos outros, mas hoje, de verdade, eu fico quieta, porque cada casa tem um ritmo e uma rotina, é difícil opinar sobre a vida dos outros. O importante é o bebe se desenvolver de forma saudável e se a família está em harmonia com os métodos adotados, QUE BOM, CADA UM CUIDANDO DA SUA VIDA!
    Não tento ser uma super mega mãe e acho um PORRE, de verdade, quem sabe tudo, faz tudo e fica apontando ou olhando com aqueles olhos de ” OH MEU DEUS VC FAZ ISSO”.
    Cuido da minha bebe sozinha, deixei de trabalhar pra me dedicar a ela, mas fiz por amor, porque podia fazer isso e é uma realização minha, mas quem deixa seu bebe em cada para trabalhar também não é menos mãe, cada um com a sua história.
    Bjosss Kátia,
    Janaina – Mãe da Manuela

    • Katia Ouang

      É isso mesmo Janaína, seguir o que manda o seu coração é a melhor escolha.
      bjs para vc e sua Manu

  2. BIANCA

    o MEU TB DORME DESDE 4 MESES SOZINHO NO BERÇO …. E ATÉ QUANDO FICOU COM FEBRE E COLOQUEI ELE ENTRE NÓS …. ELE NÃO DORMIA E CHORAVA …COLOQUEI NO BERÇO VIROU P O LADO E DORMIU …. ELE ADORA DORMIR NO BERÇO DELE ..NO CANTINHO DELE ..ONDE ELE TEM ESPAÇO A VONTADE PARA VIRAR . .RODAR ..DORMIR NA POSIÇÃO QUE QUISER …. NÃO ME ARREPENDO …E SEI QUE FOI O MELHOR PARA ELE E PARA NÓS …..SONINHO DA TARDE DORMIA COMIGO … PORÉM AGORA COM 15 MESES ..ELE QUER DORMIR NO BERÇO …. RSRSRSRS …. DE MANHÃ ACORDA, CHAMA A GENTE …O PAI PEGA ELE E COLOCA ENTRE NÓS DOIS ….. ELE ADORA …. ELE TEM O QUARTINHO DELE, ADORA E AMA DORMIR NO BERÇO … E NO FINAL ..TODOS ACABAM DORMINDO SUPER BEM …. QUANDO PEQUENO …É LINDO, GOSTOSINHO …DORMIR AGARRADINHO …QUANDO TIVER 5, 6, 7ANOS ….OH, O PROBLEMA PARA FAZER DORMIR NO QUARTO ….

    • Katia Ouang

      Sim, concordo 100% com vc!
      bjs

  3. Tatiana

    Extamente o que acontece em casa, meu filho não dorme em nossa cama de forma alguma, dorme no quarto dele com a luz apagada, porta fechada e tem que ligar um ventilador ainda pelo barulho esteja frio ou calor..rs!! Acredito que como vc disse que cada um faça o que acha melhor para seu bebê, mas na minha opinião prefiro que ele durma no seu quarto sem cama compartilhada, pois quando ele aprender o caminho da minha sei que vai gostar!! Bjo grande

    • Katia Ouang

      Com certeza Tati! beijao querida

  4. Natalia Marchi

    Minha filha de 01 ano nao dorme na minha cama. Somente no berco portatil ou dela, no quarto de luz apagada. É assim desde que nasceu. Como voce disse, nao temos escolhas. Mas é bem melhor nao dormir na nossa cama do que nao dormir no berco. Moro no Chile, no frio, e nem por isso o berco dela e frio para dormir conosco. Adoro seu blog! Entro desde a minha gravidez. Beijos Natalia

    • Katia Ouang

      OI Natalia, concordo com voce! Imagina tirar a criança da nossa cama depois ne?
      Bjs

  5. Juliana

    Aqui é igual, só com uma diferença, minha filha dorme no meu colo e aí coloco no berço!!! Aguardarei ansiosa pelo próximo post!!!
    Sobre a cama compartilhada aqui não funciona!!! Tbm coloquei desde o segundo dia em casa no berço e qdo vai pra minha cama fica super agitada, querendo brincar!!!

  6. Patricia

    Oi Kátia!!!
    Aqui na minha casa é igualzinho! Meu bebe não dorme na minha cama de jeito nenhum. Ele foi acostumado a dormir no berço dele, com a porta do quarto fechada e o ar ligado. E nada muda isso. As vezes quero que ele tire o cochilo da tarde com a gente no nosso quarto, mas não adianta…. ele só dorme no quarto dele. E só dormiu uma vez fora do berço, quando viajamos… dormiu pq o ritmo de atividades foi grande e estava exausto.
    eu ti entendo perfeitamente!
    Beijos,
    Patricia

    • Katia Ouang

      Obrigado Patricia!!!! que bom que nao é só em casa!
      bjs

  7. Ana Paula Infante

    Ola! Katia, ótimo post … Pois esse assunto é complicado. O meu bebe dorme também no berço, mas quando ele acorda umas 6 / 7 horas e a chupeta nao fica mais na boca rsrs levamos ele para a nossa cama aí acorda umas 9h …. Muito gostoso! Mas acredito que essa rotina de dormir em seu berço é a melhor opção. Beijos querida!

    • Katia Ouang

      Com a Bruna tambem era assim uma delicia ne?

  8. Claudia

    A Graziela está com quase 2 anos e sempre, desde o primeiro dia em casa, dormiu no berço em seu quarto. A família caiu em cima, já que ela nasceu prematura e era bem pequenininha. Mas não demos o braço a torcer. Às vezes, sinto uma falta de ter ela dormindo comigo na cama, principalmente no fim de semana, mas não tem jeito, ela que não quer. Ponho ela no meio de mim e do meu marido e ela toca o terror. Fica pulando na cama, sobe no baú, fica o tempo todo falando,…, para ela, ficar na cama comigo é diversão. Não critico quem dorme com o filho no mesmo quarto ou na mesma cama, mas não concordo. Acho que cada um tem seu espaço e sua liberdade.

    • Katia Ouang

      hahaha, aqui em casa é igualzinho!

    • Lua

      Claudia,parabéns pela coragem de ter educado sua filha do modo como vc achou melhor – e q eu particularmente também acho o melhor. Não acho difícil viver de acordo com os valores em q acredito e muitas vezes andar na contramão – acho sim uma delícia! Mas às vezes é difícil fazer isso com a família se opondo, e no seu caso, tentando apelar p/ a culpa q (quase) toda mãe sente. É muito estimulante ouvir relatos como o seu, pq vejo q é possível ser firme e escolher o melhor. Enfim, é isso o q penso. Mas como será quando for minha vez de ser mãe, só deus sabe…rs… Convivo mto e me interesso mto por crianças, por ser tia de 4 meninas lindas, e por ser educadora e contadora de estórias. Aprendi e aprendo muito, por interesse e não só por necessidade. Desse modo, acho q serei uma mãe informada, com o privilégio de ter ouvido muitas experiências – mais do q informações. Mas também sei q é só qdo a gente “entra em cena” que a gente descobre o nosso jeito de ser quando é pra valer. Sorte e saúde pra vc e a família toda!

  9. Erika Alves

    Oi Katia,
    Minha filha tem exatamente 1 mês a menos do que a Manu e também não dorme na minha cama de jeito nenhum, ela não consegue! Sempre foi acostumada a dormir no berço dela. Por volta de 19h dou de mamar, coloco no berço, apago a luz e fecho a porta. Ela fica no berço até pegar no sono, sem reclamar, porque foi acostumada assim. Aqui em casa a rotina é sagrada. Também acho que a parte chata é quando fica doente, mas eu prefiro assim.
    PS: Estou aguardando seu post sobre os probleminhas respiratórios da Manu porque aqui em casa está igualzinho! Agora estou tentando o Singulair.
    Bjos

    • Katia Ouang

      OI Erika, eu vou falar sobre isso sim, mas o que melhorou a Manu foi trocar o leite.
      Qual leite a sua toma?

      • Erika Alves

        A minha ainda mama! Eu estava começando a introduzir a mamadeira com NAN quando piorou bastante, aí eu desisti do desmame e ela vai seguir no peito por enquanto!

  10. Mi

    Ká,
    AMEI O POST, AMIGA !
    Não existe certo ou errado. Existe o que funciona para cada criança e ponto final!
    É da personalidade da Manu não conseguir dormir contigo ou em qualquer outro lugar que não seja o berço dela.
    (ponto)
    Cada família é uma, cada criança é uma, cada rotina de cada casa – funciona de uma maneira….não existe regra ou teoria que seja unânime ou uma regra certa a ser seguida – caso contrário, que chato seria a maternidade, se todas vivessemos da mesma forma.
    Aqui em casa, compartilho a cama, por uma séria de motivos. Existem dias que queria que ela dormisse sim – sozinha e bem na cama dela todos os dias, e tem dias, que eu simplesmente agradeço por ela dormir comigo…
    O importante é que o bebê se desenvolva bem, com saúde, e sempre com amor !!!
    beijos

    • Katia Ouang

      Com certeza Mi!!!! mas que é uma delicia dormir com eles é né?

  11. Mary Brancatte

    Ka, que sintonia!!!! Eu comecei a escrever dois posts exatamente sobre estes assuntos: cama compartilhada e ensinar o bebê a dormir sozinho. O legal é que o tema de hoje terá uma visão diferente, pois aqui em casa a Nina dorme bem na cama comigo e meu marido, quem não dorme sou eu!!!! É chute, cabeçada, tapa e eu fico só o pó. Adorei o post!!!! Beijão

    • Katia Ouang

      nunca da para agradar a todos né Ma! melhoras para a Nina
      bjs

  12. Carolina

    Aqui em casa é a mesma coisa. Minha filha, de 1 ano e 5 meses só dorme no berço. Todo dia é a mesma rotina: 19h banho com o papai, depois mamar na cama da mamãe (ela ainda mama no peito). Quando está satisfeita, pega o bico, põe na boca, abraça a naninha, eu a levo para o quarto dela, dou beijinho de boa noite, coloco no berço, ligo uma música (que toca por uns vinte minutos), digo que a amo, apago a luz e fecho a porta. Em menos de 5 minutos ela dorme. Aí é só no dia seguinte, por volta das seis horas da manhã. Morro de vontade que ela durma comigo, mas ela fica brincando, cantando, querendo mamar o tempo inteiro… Enfim, não dá certo. Ninguém dorme! Só no fim de semana, no soninho da tarde, que ela aceita dormir na minha cama e aí eu aproveito para ficar agarradinha com minha princesa. Não gosto de sair da rotina e recebo muitas críticas por não sair à noite com ela. Se o evento é após as 18 horas, simplesmente não vamos. Acho uma tremenda judiação. Fico um pouco horrorizada de ver crianças tão pequenas tarde da noite em festas e restaurantes. Mas cada família age da forma que julga mais adequada, temos simplesmente que respeitar.

    • Katia Ouang

      Carol, eu tambem não tiro da rotina, morro de dó!!! Beijao

  13. Janaina

    Kátia pq eu não consigo visualizar os comentários??
    Eu vi que vc falou sobre o leite e alergia da Manuela, a minha, quando inicie
    as papas e o Leite Artificial com 6 meses, ela passou muitooo mal, parou no hospital de tanto que vomitou, mas ela tinha refluxo oculto quando bebe, não sei que agravou com a introdução, acabei entrando com medicamento, Losec, ela toma até hj.
    Eu suspeitei do leite também, que poderia ser alergia a lactose, a médica mandou ela tomar Enfamil Gentlease, que é para bebes com certa intolerância a lactose, ela tinha muita cólica também e ajudou, mas não para indicado para alergia, mas enfim, ela se adaptou ao leite e eu tenho que troca-lo pq é até 12 meses a indicação, ela já esta com 9 e eu fico tensa só de pensar em trocar o leite e ela passar mal! Fico no aguardo do próximo posto.
    E aguenta coração de mãe e assim, cada hora uma coisa, mas tenho certeza que tudo se resolverá e a sua Manuela vai ficar bem, como sempre.
    Bjoooooo
    Janaina – Mãe da Manuela.

    • Ana Paula

      Katia,
      Vi sua foto no Insta e fiquei indignada com alguns comentários. Todo mundo que te acompanha aqui sabe que vc é uma super mãe e faz o melhor pelas suas filhas. Fiquei pensando como alguém pode criticar por isso ou por aquilo se não estão na sua pele, no seu dia a dia. Fora que as pessoas não leem né? Porque vc deixou claro na legenda da foto que a Manu não ía para sua cama porque não dormia lá. Enfim, parabéns pela sua paciencia com isso.
      Aqui em casa as coisas são mais fáceis com relação a isso. Laura adora dormir comigo, mas aí quem não dorme sou eu, porque ela fica agarrada tipo filhote de coala… rsrsrsrsrsrsrs. Mas eu só trago para minha cama de manhã e se for muito cedo. Ou se tiver doente. No dia a dia ela dorme no berço, sozinha e no escuro também. Para mim é a melhor coisa.
      Beijo e conta sobre essa história do leite, que fiquei bem curiosa…

      • Sabrina

        Meu filho tem um ano e sete meses.
        Dorme sozinho desde os 5 meses, quando saiu da amamentação exclusiva.
        Compartilhei até esse período por opção e funcionou muito bem, foi lindo, ótimo e guardo boas lembranças e sentimentos daqueles momentos.
        Mas tive que voltar a trabalhar e meu filho parece que lê minha mente. Ele combina comigo. As vezes acho que ele sabe o que fazer antes de eu falar, ensinar ou pedir. Também dormiu uma noite inteira pela primeira vez quando completou 5 meses. Dai por diante meu marido o pegava no berço antes de eu levantar pra trabalhar e eu o amamentava (ai que saudade…)
        E ele voltava a dormir no berço quando eu levantava.
        Hoje ele dorme das 21 H as 8h todos os dias, no berço dele. Raramente chora ou reclama de nada, entao, quando ele acorda chorando ele vem pra minha cama sim. As vezes dorme a noite toda (em cima de mim, me enche de beijo, um sonho meu filhote) ou… Faz uma baguncinha, mata a saudade, e começa apontar para o quarto dele pedindo o berço. E volta acordado, numa boa. E dorme sozinho denovo…
        passei momentos difíceis recentemente com a perda de um bebê, e estava colocando ele na minha cama colocando com frequência, confesso, por uma carência minha. Mas não estava fazendo bem pra ele, que começou a se tornar instável, chorão, (acho que meu estado emocional o afetou também, claro) e começou ter dificuldades para dormir sozinho, acordava a noite com frequência (não acontecia antes)
        Decidi então, para o bem dele, voltar a rotina dele: ritual da soneca e berço no escurinho. Em 1 semana tive meu bebê anjo de volta.
        Ainda estou sofrendo, mas pelo menos aprendi a respeitar o espaço do meu filho.
        Resumindo, temos um acordo não verbal ( literalmente, pq ele fala pouco, meninos…rsrsrsrs) sobre cama compartilhada: respeitamos nossos espaços.

  14. Telma

    Olá Kátia, comecei a acompanhar o seu blog nessa semana e estou adorando.
    Concordo com tudo o que vc falou sobre dormir ou não com os pais. Eu tinha muito medo das minhas gêmeas acostumarem a dormir na minha cama e fui radical, elas entraram no meu quarto pela primeira vez lá pelos 07 meses de idade…rs. Depois que completaram 01 ano de vez em quando uma chorava e eu ou marido tão cansados levávamos para a nossa cama e dormíamos os 3 (nunca aconteceu das duas chamarem de madrugada ao mesmo tempo). Depois de algumas noites mal dormidas por tem uma criança no meio de dois adultos resolvemos que não levaríamos mais para o nosso quarto e tudo bem, sem trauma. Acordávamos, dava umas batidinhas no bumbum de leve e elas dormiam. Quando completaram 02 anos trocamos os berços por uma bicama (gêmeos na nossa vida foi totalmente inesperado e pelo quarto ser pequeno não cabe duas camas). Elas se adaptaram rápido com a cama e por incrível que pareça elas preferem que nós vamos até o quarto quando acordam de madrugada do que irem ao nosso quarto. As vezes uma delas vai sim ao nosso quarto (a Ana Luiza) e fica paradinha no escuro olhando para a cama. Se ninguém der bola para ela dá meia volta e vai para a cama dela ou para a sala. Aliás, as duas adoram dormir na sala.

    • Katia Ouang

      OI Telma, bem vinda ao blog e parabens pelas gemeas!
      bjs

  15. Tatiana

    Olha, eu sempre fui contra deixar chorar. Achava cruel, absurdo, não conseguia mesmo… Até que completei 1 ano sem dormir. Sim, 1 ano. Minha filha acordava no mínimo 2 e às vezes 4, 5 vezes por noite pedindo para mamar. Só dormia no peito, não tinha outro jeito. Então eu percebi que depender de mim e de algo (no caso, peito) para dormir não era ruim só para mim: era ruim para ela! Ela precisava descobrir que ela podia e sabia dormir sozinha.
    Então eu tive sim que aguentá-la chorar. E, juro, foi 1 dia. Ela ficou no berço, eu a olhando pela câmera e ela acabou dormindo sozinha. Depois desse dia, ela NUNCA MAIS acordou. Ainda mamou mais 1 mês, depois acabou parando. Hoje em dia ela pede para dormir, eu a coloco no berço e ela nem chora, dorme na hora.
    Sinceramente, é muito fácil criticar qualquer coisa quando não estamos na situação. Ela é muito mais tranquila agora, menos chorona, come melhor… Dormir melhor faz bem pra todo mundo!

    • Katia Ouang

      ESta certissima Tati, super bacana sua atitude! beijao

  16. Roberta Porto

    Olá, Kátia!
    Eu concordo plenamente com você, e no meu caso acontece do mesmo jeito. O Gabriel só tem 6 meses e meio, mas sempre me preocupei com o hábito de sono dele, e ele nunca dormiu no meu quarto. Desde seu primeiro dia em casa ele dorme sozinho no quarto dele, no escuro e no próprio berço. Eu sempre meu orgulhei disso. Mas tenho percebido que, às vezes, pela manhã, assim como você fazia, eu tentei levá-lo comigo pra cama pra ver se ele tira uma soneca gostosa do meu lado, mas ele simplesmente não dorme, não acha posição, fica bem agoniadinho. Porém, ele dorme em outro berços, tanto no móvel, como quando viajamos e a pousada (hotel) coloca um berço no nosso quarto. Mas na cama conosco não tem jeito!
    Eu prefiro que seja assim. Sinto orgulho dele por perceber que ele adormece sozinho e no escuro, nunca quis corroborar para os medos e inseguranças dele, e quando acontece de ele ter uma noite ruim, eu corro e o ajudo a voltar a dormir, mas no seu quarto e no seu berço. E pretendo fazer o mesmo com meu próximo filho (a). Eu concordo demais com você.
    Adorei o post! 🙂

  17. Mix

    Katia, leio e acompanho o seu blog desde antes do meu chicken little nascer…

    Você foi uma das minhas inspirações p menino se habituar desde sempre no berço dele.
    Hoje tenho dificuldade quando viajo p ele se acostumar com outra cama, principalmente se estamos dormindo no mesmo quarto. Mas olha, sendo bem sincera, não me arrependo. Nada paga ele começar a coçar o olho, a gte colocar na cama, rezar com ele e bjo-tchau-me-liga até as 7 da manhã quando ele acorda, E FICA SOZINHO NO BERÇO até quase 8, brincando e rindo, de boa…

    agradeço imensamente suas dicas… apliquei todas e com umas 7 semanas esse menino dormia a noite toda e sempre sozinho… ninguém aqui nem sabe como se “nina’ o menino…

    Minhas amigas ficam mo na duvida do q fazer e como fazer e se devem fazer, e a verdade é que não existe “certo X errado”… existe o que funciona p vc… quem fica criticando, eh pq não não eh mãe ainda, ou eh muito sozinho, pq pra ser o dono da verdade e criticar, tem que ser muito careta…
    enfim, muito obrigada mais uma vez pelos seus posts… me ensinam muito!
    um beijo!

    • Katia Ouang

      Que legal receber um comentario como esse, fico muito feliz! um grande beijo

  18. maria clara

    olá! pesquisando no google sobre berço seguro vi um post seu falando sobre isso. entrei aqui, li alguns posts, e adorei todos! coloquei uma imagem no meu post e até citei seu post lá, dá uma olhada (falamaria.wordpress.com). tbm amei esse post sobre cama compartilhada! tenho a mesma opinião que vc, se a mãe quer compratilhar todo dia, ótimo, se não, tbm é “problema” dela. no meu caso eu faço igual como vc fez com sua filha, coloco p/ dormir as 20h e as 5:30 ela chora e eu trago p/ minha cama, uma delícia. ah, outra coisa, pela imagem vi que sua câmera parece a minha, a foscam. é essa que vc usa? como vc deixa a noite? no computador ou no celular? bjs, maria clara.

  19. Érika Costa

    Olá Kátia, meu filho também dorme somente no quarto dele de porta fechada desde os 3 meses, logo que nasceu dormia no meu quarto no berço portátil. Agora estou com uma dificuldade que você até citou no texto acima, quando viaja suas meninas sofrem para se acostumar. Vou viajar com me filho e estou ansiosa de como será na hora de dormir, pois nem na casa da minha mãe ele dorme (de dia), ainda não tentei a noite. Coloco um colchão no chão (hj ele está com 8 meses) e ele não dorme 10 minutos. O que você faz com suas filhas quando viaja??? Teria alguma dica, sugestão?? Muito obrigada.

    • Katia Ouang

      Erika, de fato criança que tem rotina bem certinha, é mais dificil dormir em outros lugares. O primeiro final de semana que viajei com as duas quase voltamos para sp pois eram 2 da manhã e elas nao dormiam de jeito nenhum.
      Na praia agora elas ficavam exaustas e capotavam. O que eu e meu marido fazemos é quando a gente viaja, colocamos um pouquinho mais tarde para elas terem sono, apagamos todas as luzes e a Manu fica no berço ate dormir, e a Bru fica na cama conosco. Mesmo que demore, a gente nao fala e nao acende a luz, aí elas dormem….tem dado certo assim…. quando o bebe ainda dorme em berço é mais facil . Leva uns bichinhos e o travesseirinho dele!