15 julho, 2015
Por Katia Ouang

Capturas de tela89

Esse ano tive o privilégio de ir algumas vezes para uma praia muito gostosa onde minha família alugou casa em alguns feriados. Praia menor,mais vazia, plana e de mar calmo. O que facilita muito para quem tem crianças.

Toda vez que volto de lá chego a conclusão como criança ama praia e natureza, e como precisam de muito pouco para se divertirem.

Me veio a reflexão do quanto nós pais ficamos muito mais ansiosos que as crianças em poder proporcionar o mundo, sendo que o mundo deles é muito fácil, simples e acessível.

Preciso levar meu filho para a Disney”, ”  preciso fazer uma festa de 1 ano”, “preciso comprar o lançamento da Barbie que ela quer muito”… Será isso mesmo?

Parece besteira, mas me emociono em ver minhas filhas e meus sobrinhos brincando na praia. Muitas vezes sem um baldinho, um brinquedinho, uma bola, nada. Podemos ficar horas por lá que eles estão sempre se divertindo e achando o que fazer.

Seja sair correndo livres sem medo de caírem e se machucarem ( quer liberdade maior que essa?)

Seja pulando onda,

Construindo castelos, bolos, casas e o imaginário em areia,

Cavando buracos,

Procurando a conchinha mais bonita,

Se enterrando na areia,

Esperando a onda vir para pular,

Sentindo a diferença de textura entre a areia seca e molhada,

Vendo peixinhos que aparecem de vez em quando,  ou caranguejos no anoitecer…

A natureza desperta os sentidos das crianças de uma forma incrível e estimula a explorarem e se sentirem curiosos com recursos muito simples. Vejo isso pois como não tenho casa na praia ou fazenda, costumo viajar com elas com uma certa frequência para conhecer hotéis perto de São Paulo e em muitos deles, tem um mundo para crianças. Nem por isso elas aproveitam mais.

E minha alegria maior foi poder sentir que cada vez mais, começo a ter um pouco de liberdade. Consegui tomar sol, ler uma revista, e fiquei sentada de longe observando elas brincarem, só levantava pagar o sorveteiro! Único consumo que pudesse tentar as crianças durante esses dias,  e outro ponto que me emociona muito…  Ver as crianças correndo quando o carrinho passa buzinando é demais. A carinha delas escolhendo o sabor e ganhando um sorvete,  posso garantir que é tão linda ou até melhor que ganhando um brinquedo.

Capturas de tela90

 

E ficam meus pensamentos de hoje depois de 5 dias felizes praticamente isolada na praia… Onde cheguei à conclusão que temos a vida toda para proporcionar tudo que desejamos para os nossos filhos.

Hoje quero que elas me peçam para voltar para a praia, qualquer praia ….

A Disney temos muito tempo ainda parar ir!!!

Para a Manu, essa é a Disney dela:

 

 

 

Comentários 5

6

4 janeiro, 2015
Por Katia Ouang

ubatuba2-001

Olá mamães! Como vocês foram de ano novo? Por aqui as férias são só para as meninas pois eu retomo meu trabalho na minha marca Paper K hoje e meu marido também. Então tivemos uma mini férias essa semana e vamos tentar viajar alguns finais de semana.

Esse ano fui para Ubatuba na casa do meu cunhado. Foi meio em cima da hora, então para quem ia ficar o réveillon em São Paulo, achei que seria ótimo ficar 1 semaninha com as crianças convivendo com os primos e aproveitando uma praia mais tranquila. Pois a praia que ficamos é bem mais sossegada do que no litoral norte.

Demos muita sorte com o tempo e fez um solzão todos os dias. E como eu previa, todos aproveitaram muito. As meninas amam praia.E é incrível como 1 ano faz muita diferença para quem tem filho pequeno. Ano passado estive com a minha irmã e as crianças em Juquehy ( veja aqui) e dessa vez já foi bem diferente. Tanto em casa quanto na praia, consegui curtir e relaxar muito mais. Exceto pela atenção de cuidar para elas não entrarem no mar o tempo todo sozinhas, consegui ficar na cadeira só olhando elas brincarem na areia, pegar conchinha, sentar no raso, correr. Elas já tem uma boa noção do que pode e o que não pode. O que ajuda muito!

O ponto alto que marcou esse ano com certeza foram os sorvetes. Lembrei muito da minha infância quando o sorveteiro passava buzinando na rua e a gente saia correndo para comprar. Dessa vez foram as crianças que cada vez que passava um carrinho, saiam correndo e iam sozinhas escolher! Acho que cada ida na praia cada uma tomou uns 5 sorvetes! E nas férias pode tudo não acham?

ubatuba

 

 

E agora me falem o que é esse sorvete azul da Kibon que as meninas queriam tomar o tempo todo e pinta tudo de azul? Por sinal esse e o de algodão doce , que também é azul, foram os preferidos.

IMG_3409

 

 

A Manuela adora brincar na areia. Por ela passava o dia brincando com baldinhos e pás !

ubatuba1

 

Esse ano também conseguimos que a Bruna participasse dos fogos na praia. A Manu não aguentou e dormiu. Além disso morre de medo de fogos e do barulho. Mas a Bruna foi conosco até a praia, viu os fogos, abraçou todo mundo e ainda pulou as 7 ondas!

Captura de tela inteira 05012015 111604

Foi tudo perfeito até a volta para São Paulo que foi um verdadeiro pesadelo ( quem me acompanha no instagram viu o perrengue que passei). Mas isso é assunto para um outro post que estou escrevendo sobre como viajar de carro com crianças.

E vocês, foram bem de ano novo?

E agora vamos começar 2015 pois estou super animada e cheia de projetos novos.

Prometo muitos posts para vocês, já que no final do ano estava um pouco devagar por causa do excesso de trabalho que tive.

Feliz Ano Novo e muita saúde!

Beijos

*K*

 

 

Deixe um Comentário

1

5 agosto, 2014
Por Katia Ouang

 

Royal PalmQuem me acompanha no insta viu que na semana passada passamos uns dias no Royal Palm em Campinas.

Não viajei essas férias, e tive muito trabalho. Mesmo com Copa, trabalhei como nunca. Precisava sair um pouco do computador e curtir as meninas, que já não aguentavam mais ficar em casa. E como não temos para onde ir, o jeito é hotel mesmo. Então resolvi desligar da vida por 3 dias e escolhi algum lugar pertinho.

Estive no Royal Palm no ano passado e fiz um post super completo sobre a estrutura do hotel ( veja aqui).  Então dessa vez o foco do post não é falar do hotel e sim contar um pouco sobre como aproveitamos esses 3 dias que foram uma delícia , e a logística com 2 crianças pequenas, que é o que mais me perguntam!

Fomos eu, minha mãe e as meninas, já que durante a semana meu marido não pode viajar. E foi muito bacana nossa viagem só de mulheres! Pude passar um tempo maior com a minha mãe ( que depois que temos filho isso não acontece tantas vezes) e ela pode curtir as meninas.

Quando viajamos para hotéis, meu foco é 100% a diversão das meninas, já que é praticamente impossível descansar ou curtir qualquer coisa que não seja com elas. E isso significa ter muito pique, pois elas não param o dia todo! Por isso sempre escolho lugares que tenham muita coisa para criança fazer.

Como já falei , a hora de maior perrengue é sempre nas refeições. Confesso que fico sonhando em comer com calma toda aquela comida gostosa , principalmente no café de manha, e acabo comendo o que dá tempo. Já havia avisado minha mãe para não enrolar muito pois o tempo de validade das meninas em restaurante é bem curto. Porém até que me surpreendi positivamente dessa vez. Foi um pouco menos desastroso do que das outras.

A começar pelo café da manhã que no hotel é servido em um restaurante com laguinho com peixe em toda sua extensão. O que ajudou muito. Ou melhor, foi a solução! Pegamos uma mesa na varanda, dei café da manhã para as duas, e então elas ficaram todo o resto do tempo sentadas vendo os peixes e correndo de um lado para o outro. Mas como tinha grade pela varanda toda, não me preocupei. E eu e minha mãe conseguimos curtir as delícias do café da manhã de lá. Que na minha opinião, é a melhor das 3 refeições!

Royal Palm4

No almoço e jantar o esquema era o seguinte; prolonguei um pouco o horário delas nas refeições dando um lanche reforçado pela manhã e tarde. Então no almoço fomos todas lá pelas 13.30 almoçar. Primeiro eu dava para uma e minha mãe para outra. Depois deixamos elas vendo um filme no Ipad e almoçamos correndo. Pois elas em pouco tempo já saiam da mesa correndo pelo restaurante. No jantar foi mais fácil. Fizemos o mesmo e depois delas comerem, coloquei cada uma em um carrinho que o hotel disponibiliza, coloquei seus bichinhos e chupetas, e deixei vendo filme. Como estavam exaustas, nem se mexeram. Não chegaram a dormir. Mas pelo menos consegui jantar em paz.

Royal Palm6

Demos sorte com o tempo. Na mesma semana fez um frio absurdo em São Paulo, e em poucos dias abriu, esquentou, e deu para aproveitar muito a piscina. E dessa vez pude ter o gostinho de curtir alguns momentos no sol e ver que daqui para frente, vai começar a ficar mais fácil a logística com elas. Isso porque agora elas conseguem brincar juntas, conversam e se ocupam entre elas, o que faz com que não solicitem minha atenção o tempo todo.

Abriu uma área nova de piscinas no hotel que eu adorei. Ficamos lá o tempo todo. Deixei as duas de bóia e elas se ocuparam brincanda na parte rasa das piscinas ( eu adoro quando as piscinas são assim) e nos chafarizes que tinham ao longo da borda toda. A agua era climatizada, não aquecida. Mas o suficiente para elas brincarem sem ficar com frio. Considerando que estamos no inverno!

Royal Palm5

Também brincamos bastante no Miniville, uma área enorme temática com parquinho. E a Bruna se divertiu muito quando apareciam os personagens do Miniville pelo hotel. Normalmete na hora das refeições.

Royal Palm2 Royal Palm1

A brinquedoteca do hotel  que deixa um pouco a desejar. Tem só alguns brinquedos tipo playground. Acho que para um dia com chuva precisava ter mais opções para crianças até 3 anos que ainda não ficam com os monitores.

Mas tivemos muita sorte com o tempo e não precisamos ficar “indoor”.

Essa foi nossas mini férias antes das aulas começarem e um respiro para eu retomar o trabalho com força total!

 

 

 

Comentários 2

7