27 julho, 2015
Por Katia Ouang

Semana passada estive no novo estúdio da fotógrafa Rachel Guedes para fazer mais uma sessão de fotos!!!Desde que tive a Bruna a cada 1 ano faço uma sessão com elas. E é o máximo poder comparar como elas mudaram. Uma recordação incrível!

A novidade é que agora o estúdio fica em uma casa linda que permite não apenas as fotos em fundo branco, como as dentro da casa com luz natural, e nos jardins da casa com muita vegetação. O que na minha opinião, enriquece muito as fotos.

Fiquei super animada pois queria muito fazer uma sessão externa, algo que agora é uma opção que a Rachel pode oferecer sem ter que sair do estúdio! Ou seja, uma facilidade e uma segurança a mais para nós  já que hoje em São Paulo não é tão simples assim fazer uma sessão em parques ou na rua. Ainda mais com crianças que não tem muito paciência para esperar…

Foi uma experiência muito bacana. As fotos saíram super naturais (o que eu sempre quis), e acabou sendo algo imprevisível, pois deixamos as meninas explorarem o espaço da casa e fotografamos onde elas gostaram mais e se divertiram.

No meu caso, além de ter algumas fotos minhas para poder usar em alguns trabalhos, queria muito retratar a nossa relação de mãe e filhas nesse momento de mudança da minha vida onde a nossa união é o mais importante. Não quis nem pensar em usar preto ou branco, como já fiz em outras sessões. Queria algo bem colorido e alegre. E acho que o resultado demonstra bem isso:

 

_MG_1875 _MG_1846 _MG_1837 _MG_1886 _MG_1892

_MG_1898  _MG_1945 _MG_1965 _MG_1973 _MG_1978

 

E a segunda parte no jardim:

 

_MG_2229 _MG_2213 _MG_2182 _MG_2131 _MG_2094 _MG_2090 _MG_2043 _MG_2040

 

 

 

 

Aproveitamos e fizemos umas fotinhos para presentear o papai das meninas. Pois acho que não tem nada que ele poderia gostar mais nesse dia dos pais. Dá para aguentar tanta fofura? Eu estou babando….

_MG_1745 _MG_1754

 

 

 

Todo ano eu conto de algumas sessões especiais que a Rachel faz para as leitoras. E minha dica, não percam essa oportunidade! Pois nessas sessões  é possível ter essas fotos profissionais por um valor acessível. E não tem investimento melhor do que esse onde ficamos com uma lembrança para a vida toda.

Esse ano a condição especial é para o Dia dos Pais e para a Sessão Luz Natural, que é essa que eu fiz. Sim, tem que correr para agendar a do Dia dos Pais! Mas ainda dá tempo!

Por R$ 380 você faz uma sessão de fotos e  escolhe 5 fotos para serem tratadas e impressas em tamanho 20 x 25. Sendo que 2 delas você já leva no dia para poder presentear. Essas fotos você também recebe o cd com elas digitais para depois usar como e quantas vezes quiser. Com certeza vocês vão perguntar, e as outras fotos da sessão? Por que eu afirmo que no final nós queremos todas! Quem quiser mais do que essas 5 fotos, consegue comprar avulsas por um valor especial.

Todas as dúvidas e informações vocês podem tirar pelo: [email protected] ou 11 2639-9055 / 11 5073-0794

 

Para quem não viu as outras sessões que fiz, segue abaixo:

Sessão Estudio 2011

Sessão Estudio 2012

Sessão Externa ( Parque) 2013

Sessão Dia dos Pais 2014 + Sessão Estudio 2014

 

Dá para perder??

 

Comentários 5

2

23 julho, 2015
Por Katia Ouang

 

pé

Quando contei semana passada no Snapchat (minhasdikas) que as meninas estavam com Bicho Geográfico muitas mães me perguntaram o que era. Resolvi fazer um post sobre o assunto apenas para contar como foi, e não para dar nenhuma explicação médica sobre isso. Lembrando que sempre em qualquer questão de saúde, consultar o pediatra dos seus filhos.

Aproveitei e fiz essa ilustração dos pezinhos para colocar, já que todas as fotos que eu encontrei  eram muito mais assustadoras que a realidade das meninas.

Eu só tinha escutado falar de Bicho Geográfico pela minha mãe, que sempre conta de quando ela e os irmãos pegaram na praia e quase morreram de tanto se coçar. Mas nunca havia escutado de alguma amiga ou alguém próximo que o filho pegou essa verminose. Sim é um verme !

O nome Bicho Geográfico foi dado  pelos caminhos que a larva vai traçando na pele e que parecem um mapa. A larva é eliminada pelas fezes de gatos e cachorros e normalmente ficam na areia seca da praia.

Nós fomos para a praia algumas vezes nos últimos meses, e mesmo sendo proibido levar animais na praia que ficamos, pode ter sido algum gato ou cachorro de rua que entrou e contaminou a areia. Para pegar basta brincar em areia seca que  a larva entra em contato com a pele e penetra. Mas como ela não entra na corrente sanguínea, fica andando “sem rumo” e criando essas linhas que coçam muito!

E como eu descobri? Já há alguns dias as meninas se queixavam de coceira nos pés. Por coincidência as duas. Sempre que eu olhava não via nada, a não ser um vermelhinho que parecia uma picada.

Os dias passaram ,elas continuaram a reclamar, e quando olhei na Manu, a tal”picada” parecia ter aumentado. Mas estava estranha, parecia uma linha grossa. Então percebi que aquilo não era picada de pernilongo ou formiga e não conseguia entender o que poderia ser.

Mostrei para a minha mãe e na hora ela matou a charada; Bicho Geográfico! Aí ela já me desesperou, disse que o tratamento era chatérrimo, e até radioterapia ela tinha feito para matar os bichos! Bom isso há muito mais de 50 anos !

Mandei a foto para a dermato e para a pediatra, ambas afirmaram ser isso e indicaram uma pomada.

No caso delas curou só com a pomada, mas demorou um pouco. Na maioria dos casos ainda precisa de um remédio via oral para ajudar a matar os vermes. E também tanto na Bruna, quanto na Manu, foi bem light. Tinha um foco só  nos pés delas. Na Bruna na lateral do dedão , e na Manu na sola.

Bom, para quem não conhecia, saibam que é bem comum em crianças que frequentam praia. E também é comum dar nas pernas e bumbum já que criança senta na areia sem proteção e fica lá bastante tempo.

O que me indicaram também é gelo para ajudar aliviar a coceira que é bem forte.

E claro, ficar de olho para não deixar brincar em areia seca onde o mar não chega,  e que tem frequência de gatos e cachorros!

 

Mais alguém já teve caso de Bicho Geográfico  nos filhos?

Comentários 3

1

21 julho, 2015
Por Katia Ouang

Nesse último final de semana acabei fazendo alguns programinhas legais com as meninas, então hoje tem diário para contar um pouco do que fizemos e  também um pouco da minha rotina e dos perrengues que passo com elas !

Começamos o sábado indo ao Shopping Iguatemi passear um pouco e conhecer o Espaço Curumim Kids, que acabou de inaugurar onde funcionava o antigo Piks. Existe uma área com vários brinquedos e escorregador que atende bem as crianças menores, e a área central com mesas para desenhar, oficinas de artes, artesanato e culinária. Ótima opção para deixar as crianças enquanto os pais passeiam pelo Shopping.

No meu caso como eu sempre fico junto,  deixei elas brincarem um pouco com os brinquedos e ficamos de voltar outro dia para elas participarem de alguma oficina especifica.

2015-07-21

 

Depois passeamos um pouco pelo Shopping e acreditem, elas se comportam até que bem quando saem sozinhas comigo. Todo mundo me pergunta se não tenho preguiça de sair sozinha com elas pelo perrengue que é,  e eu respondo; preguiça eu tenho, mas os perrengues vão aos poucos melhorando. Hoje saio e não preciso levar carrinho muito menos sacola. Isso já é uma grande liberdade não acham? O que é chato é que tudo demora, colocar as duas na cadeirinha, por cinto, tirar as duas do carro, levar uma no banheiro, depois a outra… Mas é assim minha vida, não tenho opção e muito menos vou chamar uma folguista, então  quanto menos a gente complicar, mais fácil fica.

Dou uma mão para cada, seguro forte, e vamos lá!

Depois fomos para a casa da vovó pois todos sabádos almoçamos por lá. O que já me ajuda muito a não ter que sujar louça e fazer comida em casa. De lá elas sempre saem com o pai e ficam com ele até a noite.

Aproveitei para passar em casa, organizar a bagunça que elas deixaram, descansar um pouco, e então fui para o Shopping Cidade Jardim passear com a minha mãe e comer uma pizza com ela. Fomos cedo pois logo mais as meninas voltariam para casa.

Indo para o elevador encontrei a Bruna e a Manu que tinham ido em outra pizzaria no mesmo shopping com o pai por coincidência! Então questão resolvida, não precisava mais voltar cedo para casa e poderia ficar mais um pouco passeando pelo shopping com as meninas junto. Elas estavam pilhadas! Sabem quando mexem em tudo, sobem em tudo ,derrubam tudo…. Meu Deus!!! Nessas horas recorro sempre a um pirulito  que acreditem; ajuda a sossegar um pouco! #ficaadica

2015-07-214

 

Tudo que elas se comportam bem quando estão comigo, parece que enlouquecem quando estão com a avó. Viram pequenas destruidoras de tudo e se unem para me enlouquecer. Minha mãe sempre sai correndo atrás delas dando bronca e elas acham graça. Aí vocês podem imaginar no que se transforma o passeio!

Voltamos já  quase as 10 da noite. Deixei minha mãe em casa e então as duas capotaram no carro para o meu sufoco. Pois acordá-las a essa hora é pedir para ter berreiro.

E dito e  feito, como não consigo carregar as duas, tive que aguentar elas gritando e se jogando no chão até chegar no elevador.

Ainda tive que dar banho nas duas, colocar pijama, dar leite e por para dormir.

Ufa. Missão Cumprida!

Domingo começa naquele esquema de correria que já conhecemos bem; troca uma, troca a outra, faz o leite das duas,  café da manhã para as duas , preparo o meu café, tento comer algo, me troco, faço uma mochila e lá vamos nós de novo….

Dessa vez para a Cia dos Bichos em Cotia. Um lugar que fui quando a Manu ainda era bebê de carrinho , então só a Bruna aproveitou ( vejam o post completo). Como adorei e já pensava em voltar , aproveitei que amanheceu um dia lindo, peguei minha mãe ( ah se não fosse ela) e lá fomos nós passear de novo!

Chegamos assim que abriu as 10 hs, então ainda não estava  cheio e conseguimos aproveitar bastante! O que eu adoro lá é que o espaço é bem grande como um sitio mesmo, uma delícia para passar o dia.

A Manu me surpreendeu pois não teve medo de nenhum bichinho, ela adorou!

Algumas coisas mudaram da última vez que fomos. O parquinho tem mais brinquedos, construíram um espaço família exclusivo para troca dos bebês e amamentação e achei os monitores incríveis. Algo que não me chamou tanta atenção da outra vez. São extremamente simpáticos, carismáticos e jeitosos com as crianças. Ponto positivo!

2015-07-213 2015-07-211 2015-07-212

 

As meninas adoraram e nós nos divertimos muito. Principalmente com os bodes que estavam soltos e vieram comer na nossa mão! Demos muita risada!

Acabamos beliscando alguns lanchinhos então não almoçamos por lá. Mas já me falaram que a comida é ótima!

Programa imperdível para quem tem filhos!

Voltamos para casa, preparei um macarrão com bifinho para elas, dei banho e elas foram passear com o pai.

Eu tinha mil planos para as minhas horas livres… queria passear, pedalar, fazer banho de creme no cabelo… e no final capotei no sofá por mais de 2 horas. Algo inédito na minha vida.

Acordei e nem sabia onde eu estava de tão profundo que peguei no sono. Acho que tenho tanto cansaço acumulado que fiquei com mais sono e preguiça ainda. Preferi ficar em casa , tomar um banho e esperar por elas.

As vezes não fazer nada é um luxo mais do que necessário não acham?

E esse foi o meu final de semana….

Comentários 4

6

15 julho, 2015
Por Katia Ouang

Capturas de tela89

Esse ano tive o privilégio de ir algumas vezes para uma praia muito gostosa onde minha família alugou casa em alguns feriados. Praia menor,mais vazia, plana e de mar calmo. O que facilita muito para quem tem crianças.

Toda vez que volto de lá chego a conclusão como criança ama praia e natureza, e como precisam de muito pouco para se divertirem.

Me veio a reflexão do quanto nós pais ficamos muito mais ansiosos que as crianças em poder proporcionar o mundo, sendo que o mundo deles é muito fácil, simples e acessível.

Preciso levar meu filho para a Disney”, ”  preciso fazer uma festa de 1 ano”, “preciso comprar o lançamento da Barbie que ela quer muito”… Será isso mesmo?

Parece besteira, mas me emociono em ver minhas filhas e meus sobrinhos brincando na praia. Muitas vezes sem um baldinho, um brinquedinho, uma bola, nada. Podemos ficar horas por lá que eles estão sempre se divertindo e achando o que fazer.

Seja sair correndo livres sem medo de caírem e se machucarem ( quer liberdade maior que essa?)

Seja pulando onda,

Construindo castelos, bolos, casas e o imaginário em areia,

Cavando buracos,

Procurando a conchinha mais bonita,

Se enterrando na areia,

Esperando a onda vir para pular,

Sentindo a diferença de textura entre a areia seca e molhada,

Vendo peixinhos que aparecem de vez em quando,  ou caranguejos no anoitecer…

A natureza desperta os sentidos das crianças de uma forma incrível e estimula a explorarem e se sentirem curiosos com recursos muito simples. Vejo isso pois como não tenho casa na praia ou fazenda, costumo viajar com elas com uma certa frequência para conhecer hotéis perto de São Paulo e em muitos deles, tem um mundo para crianças. Nem por isso elas aproveitam mais.

E minha alegria maior foi poder sentir que cada vez mais, começo a ter um pouco de liberdade. Consegui tomar sol, ler uma revista, e fiquei sentada de longe observando elas brincarem, só levantava pagar o sorveteiro! Único consumo que pudesse tentar as crianças durante esses dias,  e outro ponto que me emociona muito…  Ver as crianças correndo quando o carrinho passa buzinando é demais. A carinha delas escolhendo o sabor e ganhando um sorvete,  posso garantir que é tão linda ou até melhor que ganhando um brinquedo.

Capturas de tela90

 

E ficam meus pensamentos de hoje depois de 5 dias felizes praticamente isolada na praia… Onde cheguei à conclusão que temos a vida toda para proporcionar tudo que desejamos para os nossos filhos.

Hoje quero que elas me peçam para voltar para a praia, qualquer praia ….

A Disney temos muito tempo ainda parar ir!!!

Para a Manu, essa é a Disney dela:

 

 

 

Comentários 5

6

2 julho, 2015
Por Katia Ouang

ativ

Crianças enfim em férias e nós mães no sofrimento para achar o que fazer com eles. No verão é bem mais fácil não acham? Calor, piscina, brincadeiras com água…. Mas no frio e sem poder sair de casa… Haja!

No dica rápida de hoje vou mostrar para vocês um pouco do que faço com as meninas e que elas adoram! Sempre mostro foto delas no Instagram desenhando ou fazendo alguma atividade de artes. Tudo bem que eu amo e tenho jeito para isso. Mas quero mostrar que qualquer mãe que não tenha talento algum para o desenho, pode estimular seu filho com algumas atividades que são ótimas e que permitem uma brincadeira em família ou mesmo que deixe eles quietinhos e entretidos por um tempo.

Quem não tiver uma impressora em casa pode imprimir no trabalho ou pedir para alguém imprimir. Pois eu pessoalmente não gosto de gastar dinheiro com esses livrinhos de atividades que depois vão para o lixo.  Para buscar essas atividades procurem pelas palavras chave ” Desenhos Educativos”  ” Atividades Educativas”  “Ligue os Pontos”  “Formas para Colorir”  ” Education Coloring Pages”  e  assim vai…. Tem material para as férias toda, posso garantir!!!

Hoje vou passar 3 atividades educativas que faço muito em casa. Claro que não é para bebês e sim para  crianças que já consigam segurar o lápis com uma certa firmeza. E isso varia bastante de criança para criança. A Bruna com 2 anos já segurava, a Manu demorou um pouco mais.

1) Aprender as Formas.

Tem várias maneiras de aprender as formas, mas essa eu adoro e estimula bastante a coordenação motora. Ligar os pontos e pintar:

colorir01

 

 

2) Aprender as cores dos objetos

Estimular a criança a pintar os desenhos com as cores mais próximas do que elas são. Eu gosto muito desse  de frutinhas todas no mesmo desenho assim a criança pode comparar as cores e ver toda a variedade quem tem.

colorir02

 

 

3) Aprender a desenhar através das formas

Essa dica é boa para as mamães que não sabem desenhar! Vocês também podem aprender! Começar um desenho pelas formas básicas ajuda muito. Vejo que a Bruna consegue desenhar com facilidade se eu mostro com formas como fazer. Vejam como fica mais fácil:

colorir03

 

 

E aí Mamães, nunca é tarde para começar não?!

Fica a dica de hoje.

Semana que vem tem mais!!!

Deixe um Comentário

4

30 junho, 2015
Por Katia Ouang

Hoje me deu vontade de voltar um pouco ao tempo e contar algumas coisinhas que vocês não sabem sobre o blog. E só quem me segue desde 2008 ( sim há 7 anos! ) que talvez tenham percebido todas as mudanças. Nessa tag de hoje tenho bastante assunto para falar,  pois todo esse tempo escrevendo acho que gerou bastante material não?! Por isso vou dividir em partes e espero que vocês gostem!

Vou começar com curiosidades gerais sobre o Minhas Dikas Babies & Kids!

1) O blog começou como Minhas Dikas, eu tinha acabado de casar, adorava viajar, sair, descobrir músicas diferentes e animadas , e meus amigos me pediram para ter um espaço para passar essas dicas. Eu sempre montava um texto para cada amigo antes de viajarem indicando o que fazer, onde comer, e então achei melhor colocar tudo isso online e só enviar o link.  E entre todos os lugares que já indiquei, a viagem que mais amei fazer e super recomendo é a Costa Amalfitana! Casais que querem dar uma escapadinha , esse é o lugar! E foto minha eu publicava no máximo como essa abaixo, bem de longe ! Morria de vergonha.

 

2) Eu era uma aficcionada por moda e desfiles. Sempre que começava a temporada de desfiles lá fora, eu passava a noite toda olhando os looks ( bons tempos!) e montando posts sobre tendências no blog. Certeza que ninguém lia. Mas eu adorava! E confesso que muitas vezes tinha até vontade de postar os meus looks , mas como isso não existia na época, eu pagaria de ridícula certeza. Do tipo; vergonha alheia! Depois disso o “boom” de looks do dia e meninas comuns virando celebridade ficou tão comum, que perdeu a graça! Hoje vejo como não daria para blogueira de moda! Adoro e acompanho várias, mas meu mercado é mesmo o de falar direto com as mães. De vez em quando posto os meus looks no instagram só para brincar um pouco. E para quem não sabe, tem uma pastinha com todos que já publiquei #lookminhasdikas

Captura de tela inteira 30062015 145501

 

3) Eu vibrava quando o blog tinha 50 acessos por dia. Eu acessava os números o tempo todo, e quando bateu 1000 acessos em 1 mês, eu não acreditava! Foram 2 anos falando sobre moda, música e viagens e trabalhando ao mesmo tempo. Os acessos não cresciam, mas também eu não tinha a mínima intenção de ganhar dinheiro com isso. O que aconteceu foi que eu postava todos os dias,  e isso me trouxe uma facilidade em redigir textos e aos poucos melhorando a forma de me comunicar. Quando comecei a falar em primeira pessoa  e contar um pouco mais sobre mim, os acessos começaram a aumentar. E então eu comentei que estava grávida, em 2010. Pronto, de 1 dia para o outro, começou a crescer os acessos e a trazer leitoras super interessadas. Comecei apenas indicando produtos infantis,  e depois fui falando sobre a minha própria experiência. O primeiro post infantil que fiz foi o banho de balde da Bruna! VEJA AQUI.

 

4) O Layout antigo ainda está no ar e eu usava meu nome na URL . Vocês lembram desse formato? ( veja aqui ). E por falar em layout, desde o primeiro em 2008 eu criei tudo;  layout, logo, barras laterais, fotos , etc.

Captura de tela inteira 30062015 150234

 

 

5) O post mais acessado e mais compartilhado entre blogs de maternidade é sem dúvida o do Ninho Baby, algo que aprendi na maternidade e percebi o quanto foi útil para muitas mães com bebê recém nascido. Até hoje indico para todas amigas que estão grávidas como algo simples, pratico e que realmente funciona. Vejam a Manu  com dias de vida, que micra!!!! Quem usou essa dica??

 

Logo mais vou postar curiosidades como os posts mais polêmicos e os mais acessados!!!

Comentários 14

10

29 junho, 2015
Por Katia Ouang

Assim como o terrible two, acredito que os posts sobre o sono das meninas sempre aparecerão por aqui . Pois como vivo dizendo, criança é uma caixinha de surpresas que de um dia para o outro muda radicalmente.

Há tempos que vocês acompanham essa minha sina em fazer com que ela durmam em sua própria cama e não venham mais para o meu quarto de madrugada. O ultimo post em abril, falava da minha alegria em ter conseguido depois de meses ,fazer a Bru dormir a noite toda no seu quarto.

Desde então, meu objetivo 1 era fazer a Manuela dormir a noite toda na sua cama e não vir mais para a minha e 2, conseguir colocar as duas ao mesmo tempo para dormir.

Não quero contar como consegui ter êxito nesses meus dois objetivos pois a real é que voltei a estaca zero agora. Passei uns 2 meses muito feliz em ter colocado “ordem na casa” , e mais uma vez voltei para trás e praticamente zerei todo o meu esforço e dedicação.

Tudo culpa dos dias que a Manu ficou doente há 1 mês, e que teve febre por 5 dias direto, lembram? Durante esses dias eu simplesmente não podia cogitar dormir longe dela. Pois neurótica que sou, passo a noite toda medindo a temperatura. Dormimos as 3 juntas por 4 noites na casa dos meus pais e então perguntem o que aconteceu depois? Quem disse que elas queriam voltar a dormir sozinhas?

Me empenhei mais uma vez em retomar nossa rotina. E rapidamente consegui fazer com que elas voltassem a dormir cada uma na sua caminha. O problema é que elas vem todas as noites para minha cama. TODAS! E cada uma no seu horário.

Juro que tentei por dias levá-las de volta. Levantei quantas vezes fossem necessário sabendo que uma hora daria certo. Mas 1 mês se passou, eu praticamente não dormi, e elas continuam vindo.

Sinceramente eu não aguentava mais pingar as madrugadas, comecei a ficar exausta por dormir mal, mau humorada… e então resolvi que não ia mais fazer nada. Querem vir, que venham.

Percebi que dessa maneira eu conseguia dormir um pouco mais. Pois na minha cama elas dormem a noite toda e ainda passam um pouco das 7 da manhã, algo que nunca acontece no quarto delas. Muitas noites nem vejo elas entrando na minha cama e com isso consegui descansar melhor. E claro, quem não ama dormir agarrada com os filhos. Ainda mais eu nessa fase que estou sozinha com elas.

Tudo que eu não queria é que elas dependessem da minha presença para dormir bem. Mas sei que isso é super comum nessa idade e logo mais elas não vão querer mais vir.

Ok, fui levando esses dias de cama compartilhada sem culpa e sem nenhum plano de leva-las de volta de novo. Pois sinceramente, dormir qualquer minuto a mais, é hoje prioridade para mim.

Coloquei as duas direto na minha cama pois todo domingo o que quero é que elas durmam o quanto antes para eu poder tomar um banho e relaxar um pouco.

Lá por 2 da manhã a Manu tossiu tanto que engasgou e vomitou na cama toda. Em mim, na Bruna, nos travesseiros… Minha vontade era de chorar de desânimo… Não sabia nem por onde começar a limpar tudo. Principalmente porque meu colchão é king e estava sem forro. Podem imaginar o perrengue? Dei banho na Manu, coloquei ela na sua cama, fiz dormir ( levou 40 minutos), troquei meu pijama, levei a Bruna dormindo para a cama dela, troquei ela. Tirei todo o meu lençol, as fronhas, limpei o colchão com vinagre, coloquei outra roupa de cama… E quando eu volto a dormir, a Manu aparece, vomita a 1 cm da cama…. lá vou eu limpar o chão, trocar o pijama dela… Resumo da madrugada; dormi das 5 as 6.30 e hoje estou cheia de trabalho e com a cabeça fritando.

E então depois dessa noite deliciosa, voltei a pensar sobre cada um dormir na sua cama. Tenho que facilitar minha vida sim,  mas não posso esquecer de momentos como esse que se a Manu estivesse na sua cama, era 1 só uma mini cama  para trocar e colocar de volta.

Começo assim a semana e como sempre, torcendo por uma noite inteira de sono!!!

beijos

*K*

Comentários 14

9

26 junho, 2015
Por Katia Ouang

No Fast Tip, dica rápida de hoje, a Terapeuta Maitê Varela responde a uma das perguntas que geram mais duvida nas mães; Como punir a criança ?

Eu passo por isso diariamente, pois estou bem no meio do furacão do terrible twos com a Manuela. E ela, diferente da Bruna, não está nem aí para nenhum tipo de punição. Ela enfrenta, desafia, quase me deixa louca.

O cantinho do castigo até que funciona com ela. Ela chora, grita, mas depois percebe que só sairá de lá se agir sem esse escândalo todo. E é claro, o que vai bem com uma criança, não vai com outra.

 

 

  • Como punir quando o cantinho do castigo ou do pensamento não funciona?

 

Em primeiro lugar, quando se usa este tipo de castigo, devemos pensar se isso faz sentido na sua dinâmica familiar, não acredito em uma fórmula mágica ou em um modelo que funcione da mesma forma para todos, cada caso é um caso.

Muitas vezes estas técnicas não funcionam mesmo porque a criança não entende o que está fazendo lá, ou ainda, não se importa nem um pouco. Além disso, aplicar a mesma punição para todas as situações também fica bastante confuso, tente se imaginar no lugar da criança que fez alguma “besteirinha” em algum momento ou algo mais grave em outro se deparar com a mesma consequência nas duas situações. Confuso, não?

Claro que quando a criança faz algo errado é importante que haja alguma consequência, como normalmente acontece na vida, mas esta consequência deve ter uma relação direta com o que aconteceu e também deve fazer sentido, levando em consideração a idade da criança e a gravidade do que aconteceu. Vamos dar um exemplo desta fase do “terrible two” para ficar mais claro: A criança é contrariada, fica irritada e joga a comida no chão. Uma consequência natural e interessante para este caso seria pedir para ela ajudar (da forma dela) a limpar a sujeira que fez. Muitas vezes, as consequências acabam sendo mais naturais mesmo. Junto com a ação é importante explicar o que está acontecendo (motivo da irritação e o porquê daquela consequência).

Como dito acima, é muito importante refletir sobre o que faz sentido para cada família, mas manter um diálogo aberto com os filhos desde cedo e assumir sua autoridade de mãe ou pai ajuda muito.

 

Maite

Deixe um Comentário

1

24 junho, 2015
Por Katia Ouang

20150618_091521

Essa semana fui convidada pela Babysec para testar os produtos da marca: a fralda e os lencinhos da Galinha Pintadinha. Eu que adoro, fui correndo experimentar na Manu! Apesar de usar lencinho diariamente nas duas, estamos perto de não precisar mais de fraldas por aqui. A Manu usa só para dormir, então esse é o melhor teste de todos já que, com quase 3 anos, se a fralda não for boa, vaza mesmo. Principalmente à noite. Logo que abri o pacote já senti um cheirinho que outras fraldas não têm. Cheirinho de bebê mesmo! Nunca tinha visto uma fralda que viesse com esse aroma gostosinho, bem sutil. O toque da fralda é suave e macia e ela vem toda ilustrada com os personagens da Galinha Pintadinha. A Manu ficou louca quando viu!!!

20150618_091405

O sistema de absorção segue em toda extensão da fralda. E fiquei surpresa como ela ficou cheia, mas não vazou nada. A Manu usou por 12h seguidas e acordou sequinha. Veja a diferença da fralda seca e da fralda cheia:

20150618_091325_002

 

Essa fralda tem um elástico maleável e bem firme atrás. Ajusta direitinho no corpo da criança sem marcar. Testamos a XXG, indicadas para crianças com mais de 13 kg e ficou bem folgada na Manu, que pesa 15 kg. Mesmo assim, não vazou. Então, é uma fralda que veste bem crianças maiores que ainda não desfraldaram. Tem um custo-benefício excelente e não deixa nada a desejar para as outras fraldas do mercado. Muito pelo contrário, achei a qualidade excelente! Os lencinhos são bem cheirosos quando retirados do pacote e saem bem fácil um a um sem prender no próximo. São bem resistentes e esticam bastante sem arrebentar.

20150618_091605

São umedecidos na medida certa, não ficam muito molhados e secam rapidinho na pele, deixando um cheirinho bem sutil, quase imperceptível. Sempre testo nas minhas mãos para sentir como ficam depois. O custo-benefício é ótimo, em média R$ 7,00 por pacote com 50 unidades. Fico feliz que o mercado de fraldas e lencinhos está expandindo com força total. Se comparado há 5 anos , hoje temos muita opção, para todos os gostos e bolsos, sem perder a qualidade. Aprovado.

Aqui, no site da marca, você pode comprar através das lojas on-line e, se você não encontrar a fralda na sua cidade, mande uma mensagem na página da marca no Facebook que eles informarão onde encontrar.

Comentários 4

6

23 junho, 2015
Por Katia Ouang

Capturas de tela83

Contei ontem no instagram ( @blogminhasdikas) sobre o que a Manu aprontou com o pote de pastilhas que comprei em NY para elas brincarem no banho… Ela simplesmente jogou tudo na privada e não sobrou uma para contar história, ou melhor, fotografar para vocês.

Então aproveitei o gancho para dar essa diquinha rápida que eu adorei e que vale mostrar aqui.

Essas pastilhas chamam Fizzy Tub Colors , mas sei que outras marcas mais fáceis de encontrar como a Crayola, também algo parecido. São efervescentes e você joga na banheira para colorir a água. Vem nas cores primárias; azul , amarelo e vermelho, que misturadas entre elas, geram todas as outras cores. Inclusive na embalagem ensina a criança a usar duas cores e encontrar uma terceira.

Não são tóxicas ( óbvio !) e não mancham. E 1 pastilha já deixa a água da banheira bem colorida.

A minha embalagem veio com 150 unidades. Daria para vários meses… Mas a Dona Manuela fez o favor de virar o pote na agua da privada que ficou preta e até formou uma espuma de tanta pastilha!

Vão as pastilhas, fica a dica!!!

Comentários 3

4