Por Katia Ouang
Ao contrário da época em que não tinha filhos, hoje quando chega sexta feira já me dá arrepios em pensar que passarei o final de semana me descabelando para cuidar das duas.
E mais, hoje eu adoro segunda feira! 
Pois a Bruna vai para a escola e a babá volta! Eu sou a única doida que pensa assim?


Sempre que coloco uma foto no Instagram de passeios aos finais de semana, alguma leitora me pergunta como consigo sair tanto de casa com 2 crianças pequenas, se isso não dá preguiça, enfim.
Eu vou ser sincera, morando em apartamento prefiro mil vezes sair com as duas do que ficar em casa sem ter o que fazer. 
Em casa passamos o dia chamando a atenção delas; não faz isso, não pega nisso, cuidado com isso… 
E do marido: Dá para você me ajudar???
Fora a bagunça que fica.


Eu acredito que essa fase que estou vivendo, com uma de 2 anos e 8 e outra de 10 meses, é uma das mais cansativas. Ambas não param 1 minuto e tem necessidades e rotinas diferentes! O programa que é bom para a Bruna, ainda é cedo para a Manu… então haja criatividade.
Acho que até a Manu ter uns 2 anos será uma maratona. Depois acho que enfim conseguirei tomar um café da manhã aos sábados e domingos sem pressa, pois as duas se bastarão e poderão brincar e se distrair juntas.

Por isso vou passar algumas dicas de como facilitar a logística do final de semana para nós mães conseguirmos sobreviver sem surtar! 
Com a lei nova dos empregados domésticos, a tendencia é cada vez mais os pais participarem de tudo e não terem mais que depender de ajuda. E é assim que funciona nos países mais desenvolvidos.


– Não se frustre
Essa é a primeira dica. 
Não fique desejando ir ao cinema, sair para almoçar com o marido, ir à uma festa ou simplesmente passar algumas horas sentada no sofá sem fazer nada. Lembre que o final de semana não é mais seu, e sim da criança. E lembre que essa fase também passa rápido e que você terá muitos anos ainda para curtir tudo que desejar.


– Solicite ajuda do marido
É claro que na teoria todo marido deve ajudar. Mas na prática não é bem assim, não é mamães?? Os homens costumam ajudar do jeito deles, assistindo futebol ou tomando uma cerveja, enquanto a criança está com a fralda vazando ou quase subindo em cima da mesa. E não há mãe que não reclame.
Seu marido não tem escolha, ou ele ajuda, ou ele ajuda! E é a chance de criar um vinculo com as crianças desde pequenas.
Encarregue seu marido de algumas funções, assim facilita. Pois esperar que ele se manifeste sozinho, só vai te deixar mais irritada!

Se programe no dia anterior. 
Veja a previsão do tempo e pense onde vocês irã passear. Não desperdice programas “indoor” caso o dia esteja bonito. Você precisará deles em caso de chuva ou tempo frio.

– Vá a parques!

Em São Paulo, e todas as cidades, há parques em todos os bairros, para todos os gostos. Programa sem custo,que diverte as crianças e incentiva o contato com a natureza. 

– Gaste a energia dos pequenos
Tente encaixar na parte da manhã programas como passear nos parques, correr na grama, jogar bola, pular corda, amarelinha, andar de bicicleta, brincar na areia… tudo que possa cansar os pequenos de verdade. Assim irão almoçar melhor e também tirar aquela soneca depois do almoço, indispensável para os pais poderem respirar um pouco e retomar as energias!

– Deixe a sacola pronta

Nada mais chato que montar sacola para 2 crianças e sempre esquecer alguma coisa. E a chance disso acontecer se você deixar para fazer na hora de sair de casa com criança gritando no seu pé, é enorme. Por isso eu sempre separo tudo antes, e checo se tem o que cada uma precisa e deixo prontinha na porta de casa para só pegar e sair. 


– Tenha mamadeiras, chupetas e utensilios a mais
Eu separo apenas um momento do meu dia para lavar as mamadeiras, copinhos, chupetas e talheres. Por isso tenho vários de cada um, assim no dia anterior já deixo as mamadeiras montadas, com o pó do leite, e vou pegando conforme necessito.

– Deixe a comida congelada 
Cuidar dos filhos e ainda arrumar tempo para fazer a comida, só sendo mulher maravilha! Aqui em casa fazemos a papinha da Manu 3 a 4 vezes por semana e congelo em potinhos, assim sempre tem para o final de semana.
E a Bruna já deixo os pratinhos montados e só esquento no microondas.

-Banho em família
Facilite sua vida. Se um filho toma banho na banheira e outro no chuveiro, escolha uma opção só. 
Aqui o marido entra na banheira e primeiro dá banho na Manu, depois na Bruna, é uma festa e elas adoram.

-Transforme pequenas saídas em passeios 
Ir ao supermercado, farmácia ou a padaria é quase sempre inevitável. Pegue a turminha toda e faça disso um programa em família. Que criança não adora ir ao supermercado?
Um programa bem bacana é ir à feiras. É gostoso, educativo, e as crianças podem ver e aprender. Além de comer um pastel na saída!

-Tente manter a rotina 
Claro que não tem necessidade de ser tão rígida com rotina aos finais de semana. Mas se seus filhos costumam descansar depois do almoço e dormir cedo a noite, não fuja muito disso para não deixá-los muito irritados ou cansados. Pois só uma mãe sabe o quanto uma criança pode infernizar caso esteja cansada não?!

-Deixe os filminhos como plano B

Os filminhos na tv são a melhor salvação sempre. Mas deixe para aquelas horas que você sabe que serão inevitáveis como quando você precisar ir para a cozinha ou mesmo tomar o seu banho!

Os finais de semana eu função dos filhos é muito cansativo, mas também é muito enriquecedor para os pais, que podem aprender a ser criança, a reinventar, a não ter preguiça, a serem cada vez mais práticos e achar o máximo pequenas coisas como tomar um sorvete ou andar descalço na grama de um parque. Principalmente para famílias em que pai e mãe trabalham fora o dia todo e só tem os finais de semana para curtir os filhos.

É uma pena que muitas famílias que tem ajuda de funcionários de domingo a domingo não vivenciem a vida das crianças integralmente.
Acho que para quem pode, vale sim a pena ter uma ajuda caso você tenha mais de 1 filho, pois não é fácil mesmo dar conta de tudo. Quantas vezes eu mesma não sonhei com uma folguista?

Mas conheço mães que sequer saem com os filhos sozinhas se não tiverem alguém junto, pois mal sabem desmontar um carrinho e colocar no porta malas do carro.
É muito importante para a criança ter momentos a sós com os pais. Seja só com a mãe, ou só com o pai. Sair, sentar, conversar, jogar bola, passear, expressar o que sente… 
Eu adoro quando saio só com a Bruna , vamos conversando no carro, cantando, rindo e passeando de mãos dadas. É muito bom!
Por isso hoje quando chega domingo a noite eu estou exausta, mas super feliz de ter convivido 100% com elas.

E confesso que também adoro quando chega segunda feira e volto a ter ajuda! Porém aí não tem jeito pois eu preciso trabalhar!

E vocês, o que mais acrescentariam a essa listinha do final de semana???
Veja mais sobre Passeios em SP ! ( aqui)

0

Comentários 9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 Comentário:Organizando o Final de Semana

  1. Dri

    Ameiiiiii!!!
    Bjs
    Dri

  2. Mariana Del Bosco

    Adorei! Vou seguir a dica de já deixar a mala pronta! 😉
    Também deixo as papinhas do fim de semana congeladas. E desde a semana passada, tenho congelado água de coco (natural) em porções individuais para oferecer depois do almoço. bjs

  3. Luiza

    Meu Deus! Eu já comecei a rir com a chamada do post “…para não ficar só o pó”! Me identifiquei total, mesmo tendo um de 9 e um bebê de 11 meses.
    Mas é como vc disse, é uma correria que tem prazo para acabar, pois o meu de 9 é super tranquilo, o mais cansativo é ter que fazer as coisas do neném mesmo!

  4. Alessandra

    Oi Katia! Sinto exatamente a mesma coisa. Tenho dois meninos com a mesma idade das suas meninas e quantas vezes me peguei pensando isso. Os finais de semana com eles são maravilhosos (até porque trabalho muito e esse é o tempo que eu tenho realmente para eles), mas em alguns deles chego ao final do domingo morta de cansada. Faço mais ou menos as mesmas coisas que você para diminuir o tempo que dedico à “parte chata” de cuidar das coisas deles e poder ficar o máximo de tempo brincando com eles, o que também é cansativo (nunca vi tanta energia! rsrs), mas é super recompensador.

  5. Claudia

    Eu amooo seu blog, mas nunca consigo comentar…mas esse post foi demais!!!
    Estava hoje até pensando o que é pior: o final de semana ou uma segunda!!! hahahahaha
    Queria te perguntar umas coisa…vc usa uma sacola pra cada filha? se for só uma para as duas, vc pode me passar o modelo?? Eu tenho 2 meninos e é tanta tralha que a bolsa que usava está pequena…
    Beijos e parabéns pelo blog!

    • Katia Ouang Milani

      Oi Claudia, eu estou me superando, hoje levo apenas uma sacola pequena com tudo que preciso. POis nunca fico fora de casa nas refeições e hora de dormir!
      É claro que se fico mais tempo fora vai uma sacola enorme!
      bjao

  6. Anonymous

    Oi Kátia! A comida da Bruna você também congela? Fala mais como planeja as refeições dela, pq eu vivo no fogão…. Minha Laura tem 02 anos.
    Beijos

  7. Anonymous

    Ka, adorei o posto. Na verdade eu adoro os finais de semana, eu e meu marido vamos pra casa dos nossos pais e eu consigo relaxar um pouco já que tem sempre mil pessoas em casa pra paparicar a Helena, rs!
    Semana passada eu e meu marido tínhamos até combinado de deixar a Helena com a minha sogra e sairmos juntos sozinhos pra jantar, coisa rápida. Foi dando a hora e cadê que eu tive coragem? Não aguentei deixar ela em casa, sem mim!
    Adiamos o jantar para o próximo final de semana!
    Vamos ver se eu consigo dessa vez, rs!

    bjs
    LuizaG

  8. Anonymous

    Ola Katia, de mais dicas faca um post para nos ajudar sobre as comidinhas congeladas, como vc faz, pois sou mae de primeira viagem e vc sempre me ensina muita coisa! Obrigada adoro seu site! Marcela