Por Katia Ouang

Muita gente se perde um pouco na hora de preparar um roteiro para esta parte da Itália, Mas é possível sim visitar este trecho em 2 dias indo de maio a setembro quando os dias são mais longos. O ideal é alugar um carro assim que chegar a Napoli e de lá já partir direto para a Costa. Eu não gostei de Napoli e acho que não vale a pena incluir no roteiro. A cidade é suja, barulhenta e desorganizada, passar muito tempo lá acaba tirando todo o charme que essa região da Itália tem.
É incrível como a poucos quilometros de Napoli você está em um dos lugares mais lindos e de paisagem impressionante. Dirigir nessa estrada, que é considerada uma das mais bonitas do mundo, é um desafio. Mas dá uma sensação de liberdade incrível. Quem dirige não consegue curtir o visual de tão fechadas que são as curvas, então vale a pena revezar um pouco. Mas a vantagem é que há varios pontos de mirantes ou cantos onde dá para estacionar o carro para descer , tirar uma foto e curtir o visual.
O principal atrativo dessa região é Ravello e Positano. Reserve pelo menos metade do dia para cada cidade para dar tempo de conhecer o centro e comer em algum lugar gostoso.
Em Ravello sente em um dos restaurantes da praça central para curtir a paz e o silêncio e não deixe de comer a deliciosa salada caprese. A muzzarella é de derreter na boca. Para almoçar, tem vários hotéis com restaurante com uma vista de tirar o folego. Vale a pena escolher pelo menu o que mais atrai e sentar com calma para curtir um local mais do que romântico.
Em Positano tem o tradicional Buca di Baco que fica quase na praia e que tem uma comida divina. O carpaccio com lascas de grana padano e molho balsâmico é maravilhoso. Para jantar e com uma vista incrível, recomendo o Next 2 que tem ambiente mais moderno e é todo aberto.
Extra Tips:
– Melhor época para ir : primeira quinzena de junho ou de setembro. Os dias são longos, quentes mas fora das férias dos Europeus. É quase impossível circular por essas estradas em alta estação e muito menos achar lugares para estacionar.
– Se você não estiver hospedado em Positano, é possível estacionar o carro um pouco antes da entrada para o centro. Por lá existem 2 ou 3 estacionamentos. Se não for isso, é bem difícil conseguir parar na rua.
– Não deixe de parar em todos os mirantes que encontrar por este trecho de estrada, cada um tem uma vista mais linda que o outro.
– Usar sapato baixo e bem confortável. Quase todas as cidadezinhas da Costa são de paralelepípedo e com escadas para todos os lados.
-Passear pelas lojinhas de Positano onde o produto típico são as batas e rasteirinhas e visitar a loja onde todos os produtos são feitos com o limão siciliano. O cheirinho da loja é incrível.
– Compre no Aeroporto na Itália a Revista -Guia da região da Costa. Sempre tem dicas de lugares que nem imaginamos como restaurantes e beach clubs que só aparecem em algumas estações. Como na Costa são poucas as praias, existem Beach Clubs incríveis onde você pode passar o dia com estrutura de restaurante e vestiários.
– Dica de hotel bom e barato na Costa, clique AQUI
– Se tiver um tempinho a mais, não deixe de visitar Nerano, clique AQUI para saber mais.
E se for a Capri, clique AQUI

0

Comentários 4

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentário:COSTA AMALFITANA – Itália

  1. Juliana Noronha

    Adorei o blog!!!

  2. Anonymous

    Oi. To morando na Italia e pretendo ir a Costa Amlafitana em julho (09-07). Vc acha melhor alugar um carro? E onde é melhor para ficar hospedado? Se fico em Napoli é longe para voltar todos od dias? Obrigada Ana Luiza. Meu email é [email protected]

  3. nelsonmontserrat

    ADOREI DE PAIXÃO SEU BLOG, MUITO ÚTIL E EFICIENTE!! AGRADECIDO PELAS DICAS, QUE CERTAMENTE NOS SERÃO UTEIS.
    NELSON MONTSERRAT

  4. Anonymous

    Gostaria de uma dica sua. Estou indo para a Costa Amalfitana em 23 de março de 2013. É uma data legal para curtir esse roteiro? Ficarei muito grato. Meu e-mail é [email protected]